Notícias de Última Hora :

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Milho encerra quinta-feira desvalorizado em Chicago

 

A quarta-feira (29) chega ao final com desvalorizações para os preços internacionais do milho futuro na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam quedas entre 2,25 e 2,75 pontos ao longo do dia.

O vencimento março/20 foi cotado à US$ 3,84 com baixa de 2,25 pontos, o maio/20 valeu US$ 3,89 com perda de 2,50 pontos, o julho/20 foi negociado por US$ 3,94 com desvalorização de 2,75 pontos e o setembro/20 teve valor de US$ 3,92 com queda de 2,50 pontos.

Esses índices representaram baixas, com relação ao fechamento da última terça-feira, de 0,52% para o março/20, de 0,77% para o maio/20, de 0,76% para o julho/20 e de 0,51% para o setembro/20.

Segundo informações da Agência Reuters, a disseminação do coronavírus aumentou as dúvidas sobre a demanda chinesa após a ausência de novas compras após o acordo comercial da Fase 1 assinado por Washington e Pequim em 15 de janeiro.

“A história do coronavírus se tornou um evento que obscureceu esse otimismo emergente, levando os gestores de fundos a reduzir novamente o setor de commodities até que se saiba mais sobre seu impacto na demanda global”, disse Arlan Suderman, economista-chefe de commodities do INTL FCStone.em  uma nota para os clientes.

Mercado Interno

No mercado físico brasileiro, a quarta-feira registrou cotações permanecendo sem movimentações, em sua maioria. Em levantamento realizado pela equipe do Notícias Agrícolas, foram registradas valorizações apenas em Não-Me-Toque/RS (1,19% e preço de R$ 42,50) e Panambi/RS (2,43% e preço de R$ 43,02).

Já as desvalorizações foram percebidas nas praças de Campinas/SP (0,91% e preço de R$ 53,19), Luís Eduardo Magalhães/BA (1,02% e preço de R$ 48,50), oeste da Bahia (2,06% e preço de R$ 47,50), Castro/PR (2,13% e preço de R$ 46,00) e São Gabriel do Oeste/MS (4,76% e preço de R$ 40,00).

Em seu reporte diário, a Radar Investimentos apontou que, as tensões em relação ao coronavírus parecem ter diminuído. “Com isto, o dólar mostra tendência de baixa nesta quarta-feira e no mercado interno, os negócios começaram a aparecer lentamente”.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Batalhão de Trânsito passa a atender em novo endereço

Leia em seguida

Travestis filmam “avô índio” estuprando neta na rua em MT