Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

quarta-feira, 23 de junho de 2021

PSOL descarta aliança política com PT por envolvimentos em corrupção

Partido quer manter princípio de uma política limpa

Um dos principais nomes do PSOL e ex-candidato a governador, Moisés Franz (PSOL), afirmou que o partido descarta uma aliança com outros nomes de esquerda, como o PT, por envolvimentos em corrupção. Nesse sentido, a sigla deve lançar uma chapa única para a eleição suplementar até 12 de março, data final do Tribunal Regional Eleitoral para as convenções partidárias.

De acordo com Moisés, o PSOL disputará as eleições sem nenhuma aliança para não sujar a imagem da sigla. O ex-candidato a governador afirmou que, de acordo com o princípio do partido, é possível fazer política de forma limpa.

“Nós entendemos, enquanto PSOL Mato Grosso, que coligar com partido que outrora estive envolvido em denúncia de corrupção, e que vem respondendo, nós vamos fugir do nosso princípio, da nossa ideologia de que é possível fazer uma política limpa”, afirmou ao Muvuca Popular.

Partidos ligados ao centro e à esquerda, como o PT, PCdoB, PSB, SD, PROS, REDE, PL e o PV firmaram uma aliança política e estudam lançar uma candidatura única para abril. Entretanto, o político disse que não concorda em vincular a imagem do PSOL ao PT.

“Eu sou voto contrário a qualquer tipo de coligação com o PT. O partido teve toda a oportunidade de transformar esse país e se submeteu à aderência do poder para continuar lá. Então, nós, se chegarmos ao poder, será com total isenção e autonomia para fazer as mudanças que Mato Grosso e o Brasil precisa, que realmente transforme toda a sociedade”, declarou.

O PSOL não anunciou nenhum nome cotado para a disputa em abril, apesar de ter confirmado uma candidatura. Moisés Franz descartou que esteja interessado em concorrer ao Senado.

Ler Anterior

“Cortei tanto os gastos, que cortei até o dedo”, diz Mendes

Leia em seguida

Ministério Público investiga funcionário ‘fantasma’ no gabinete de deputado