Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Asa Branca morre aos 57 anos, em São Paulo, vítima de câncer

Morreu nesta terça-feira (4), aos 57 anos, Waldemar Ruy dos Santos, conhecido como Asa Branca. Ele lutava contra um câncer na mandíbula e uma infecção causada pelo rompimento dos tumores.

O anúncio foi feito na página oficial do artista nas redes sociais. “É com muito pesar que informo o falecimento do nosso querido Waldemar Ruy Asa Branca dos Santos”, disse o comunicado. Ainda não há mais informações sobre o velório do artista, que deve ser aberto ao púlico. O enterro vai acontecer na cidade de Tiriúba, interior de São Paulo.

Anúncio da morte foi feito nas redes sociais

O locutor de rodeios, que também era portador do vírus HIV, estava internado no Instituto do Câncer, em São Paulo, desde o dia 25 de janeiro. Nos últimos dias, o estado de saúde do artista já era bem crítico. No domingo, teve piora no quadro clínico. O locutor já se encontrava totalmente sedado a com saturação baixa. A alta dosagem de morfina que vinha tomando desde a sexta-feira (28) também já não foi suficiente para aliviar as dores. “É muito difícil esses últimos momentos”, disse Sandra dos Santos, mulher do locutor, na ocasião. “Ele já está indo descansar nos braços de Jesus. Lutou muito pela vida, é um herói”, acrescentou em entrevista ao R7.

A família havia criado uma vaquinha virtual para arcar com custos do tratamento. Foram arrecadados mais de R$ 13 mil, de uma meta de R$ 50 mil.

“Asa branca teve um câncer de boca onde fez 33 sessões de radioterapia e teve uma radionecrose onde morreu o osso da face. Está fazendo tratamento nos Estados Unidos. As despesas aqui são altas e o tratamento é longo, pois ele não pode fazer cirurgia por ter baixa imunidade. Ajude ele a terminar o tratamento”, descrevia o pedido de ajuda da família no site de financiamento coletivo.

Asa Branca nasceu em 1962 em Tiriúba, município no interior de São Paulo, e fez fama na década de 90 como a voz de grandes rodeios, que o levou a participar de novelas como Mulheres de Areia (1993) e O Rei do Gado (1996), da TV Globo. À época, ele chegava a faturar até R$ 300 mil por mês e levava uma vida badalada, regada a bebida, drogas, festas e mulheres, conforme o mesmo já revelou. Em 1999, ele recebeu o diagnóstico do HIV.

O locutor era casado com Sandra dos Santos e tinha seis filhos, todos de relacionamentos anteriores.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Ladrão rouba corrente e é preso em shopping de Cuiaba

Leia em seguida

Viúva de Gugu Liberato processa Leão Lobo por difamação