Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

quarta-feira, 23 de junho de 2021

Damares abandona principal programa de combate à violência contra mulher

A ministra cancelou a construção de novas unidades da “Casa da Mulher Brasileira”, que atenderiam vítimas de agressões físicas e psicológicas

Desde que assumiu o poder, o governo de Jair Bolsonaro ainda não repassou nenhum centavo ao principal programa de combate à violência contra a mulher do país. O objetivo da “Casa da Mulher Brasileira” era o de operar em todos os estados com pelo menos uma unidade, atendendo mulheres que sofrem com agressões físicas e psicológicas.

O projeto vem do governo da ex-presidenta Dilma Rousseff, em 2015. No entanto, até agora, apenas cinco unidades estão funcionando e, em São Paulo, o prédio precisou de auxílio privado para que a obra fosse concluída. A ministra Damares Alves, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, já admitiu que não tem condições de manter o programa e, no ano passado, autorizou a paralisação total da construção de novas unidades.

O orçamento voltado para políticas do tipo vem caindo ano após ano. Entre 2015 e 2019, o orçamento da Secretaria da Mulher, órgão do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, foi reduzido de R$ 119 milhões para R$ 5,3 milhões.

Levantamento feito pelo jornal Estado de S. Paulo também aponta que, no mesmo período, os pagamentos para atendimento às mulheres em situação de violência recuaram de R$ 34,7 milhões para apenas R$ 194,7 mil. Enquanto isso, no Brasil, uma mulher é agredida a cada quatro minutos.

Com informações da Revista Fórum

Ler Anterior

BBB 20: Acusado de assédio, Petrix é eliminado com 80,27% votos

Leia em seguida

Prefeita quer transformar área de preservação ambiental em clube de tiro