Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

domingo, 25 de outubro de 2020

Inacabado, VLT frustra população e “quebra” empresas em Cuiabá e VG

Jornal Hoje, da Rede Globo, mostrou prejuízos da obra que era para ter sido entregue em 2014

Em meio às discussões para que Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) seja finalmente concluído, o modal voltou a chamar atenção em rede nacional. Nesta terça-feira (4), a reportagem do Jornal Hoje destacou o sucateamento dos canteiros de obras e os prejuízos deixados aos empresários em Mato Grosso.

Com uma extensão de 22 km e investimento previsto de R$ 1,4 bilhão, o VLT deveria ser entregue em 2014, atendendo em duas linhas. A linha 1 que ligando a Avenida do CPA ao Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande. Já a linha 2 prevê ligação do Cento ao Coxipó.

Contudo, apenas 6 km de trilhos estão nos canteiros e os vagões não estão em operação, gerando sentimento de frustração perante a população, que sonhou com transporte coletivo moderno nas ruas de Cuiabá e Várzea Grande. Além disso, a não conclusão das obras deixou diversos empreendimentos “ilhados”, em meio às instalações inacabadas.

O proprietário de um dos hotéis situados na Avenida da FEB, Guilherme Verdum, relata que foi obrigado a fechar o empreendimento por falta de hóspedes, já que a localização – bem próximo as obras – deixou o empreendimento menos atrativo.  “A gente resolveu estar fechando o hotel e não se afundando em dividas”, lamentou a reportagem.

O imbróglio da obra começou no fim de 2014, após uma série de atrasos no pagamento que era de responsabilidade do Estado de Mato Grosso, na gestão Silval Barbosa, que afirmou em delação premiada ter desviado recursos da obra.

FUTURO DA OBRA

Na gestão passada, sob Pedro Taques (PSDB), houveram tentativas de retomada das obras, que acabaram não ocorrendo. O contrato chegou a ser suspenso e, com a divulgação da delação do ex-governador Silval Barbosa que confirmou propina na obra, rescindido.

O atual governador, Mauro Mendes (DEM), afirmou que um estudo de viabilidade do VLT está sendo concluído. Ele deve anunciar o “futuro” da obra ainda no 1º semestre deste ano.

O assunto também tem sido discutido em nível federal. O ministro do Desenvolvimento Regional e Governo de Mato Grosso, Gustavo Canuto, já garantiu ao senador Wellington Fagundes (PR), recursos a implantação do novo modal de transporte em Cuiabá e Várzea Grande.

Enquanto uma posição final não é tomada, os cuiabanos que dependem do transporte público permanecem na incansável espera, conforme relata a dona de casa, Leda dos Santos. “Nós estávamos contando, muita gente feliz com o VLT e derrepente está lá jogado”, finaliza.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Empresa aciona TCE para receber dívida de R$ 2,3 milhões da Era Taques

Leia em seguida

Ladrão rouba carro e se esconde em cabaré em MT