Notícias de Última Hora :

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

Prefeitura de Cuiabá desiste de tomar empréstimo em dólares

Operação de crédito externo tinha como finalidade obras do Programa Cuiabá 300 anos

A Prefeitura de Cuiabá desistiu temporariamente da efetivação do empréstimo em dólar, no montante de US$ 115 milhões, algo próximo de R$ 495 milhões, segundo cotação da moeda estrangeira nesta segunda-feira (17). A operação de crédito externo tinha como finalidade obras do Programa Cuiabá 300 anos.

O Município argumenta que preferiu fazer operações com bancos brasileiros.

“O empréstimo em dólar não foi efetivado, uma vez que propostas com juros e prazos melhores foram apresentadas pelos bancos oficiais nacionais”, informou o secretário municipal de Planejamento, Zito Adrien.

A operação em moeda estrangeira – aprovada em 2018 – gerou polêmica no Legislativo Municipal. Na época, os vereadores Marcelo Bussiki (PSB), Felipe Wellaton (PV), Diego Guimarães (PP), Abílio Junior (PSC) e Dilemário Alencar (Pros) representaram junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) pedindo o impedimento da contratação.

O pedido foi negado pelo conselheiro interino, Moises Maciel, de forma cautelar, por meio do julgamento singular nº 431/MM/2019.

Sobre a operação em dólar, Zito Adrien ressaltou que a mesma, após ter sido aprovada pela Câmara de Cuiabá, não perde sua validade. A operação de crédito foi autorizada pelo Legislativo, em dezembro de 2018, por meio da Lei Municipal nº 6.334/2018.

“Sobre o empréstimo em dólar, o fato é que a qualquer momento a administração ou a próxima que entrar poderá dar sequência, se assim achar conveniente. Sobre juros, estes já foram discutidos por ocasião da aprovação dos empréstimos. Não há necessidade mais de outra discussão”, afirmou o secretário.

 

Empréstimos efetivados

 

Zito Adrien informou que atualmente existe o total de investimentos, oriundos de empréstimos, de cerca de R$ 340 milhões.

 

Deste montante, há um empréstimo em andamento para atender o projeto de dois viadutos, efetivado com o Banco do Brasil. Um deles no cruzamento entre a Avenida Itália e Avenida das Torres, o Viaduto José Maria Barbosa – Juca do Guaraná “Pai”. Outro na Avenida Beira Rio, nas proximidades da Ponte Sérgio Mota, o Viaduto Murilo Domingos.

 

Há ainda um outro financiamento com a Caixa Econômica Federal (CEF) para execução do projeto do Contorno Leste. Ainda um financiamento em andamento com o BNDES, para execução do projeto Minha Rua Asfaltada, abrangendo 21 bairros da Capital, com serviços de asfaltamento e recapeamento.

 

“Vale lembrar que dentre as prioridades da gestão, em vista a necessidade e caráter prioritário das obras, mobilidades urbana e asfaltamento, os valores estão dentro da conformidade, uma vez que o orçamento previsto para 2020 é de R$ 3.279.298.911,00”, destacou o secretário.

 

A atual gestão do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) vem sofrendo críticas quanto ao endividamento da administração.

 

Ler Anterior

Barbudo é chamado de “traidor” e incompetente em evento

Leia em seguida

MDB não abre mão da reeleição de Emanuel e presidente diz que não há 2ª opção