Notícias de Última Hora :

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

Obra dará fim a alagamentos em bairro de Cuiabá

Um problema crônico de alagamento enfrentado pelos moradores do Jardim Industriário e de bairros circunvizinhos que transitam pela Avenida 30 começa a ser solucionado. Nesta quarta-feira (19), o prefeito Emanuel Pinheiro assinou a ordem de serviço para o início dos trabalhos de ampliação da rede de drenagem de águas pluviais e recomposição asfáltica da via. A obra deve beneficiar pelo menos 10 mil moradores da região, que passam pelo local diariamente.

A intervenção se faz necessária por conta da avenida possuir uma estrutura de drenagem antiga e que não tem sido mais suficiente para a vazão da água. A obra terá cerca de dois quilômetros e deve durar aproximadamente 120 dias. A atuação é coordenada pela Secretaria de Obras Públicas e executada pela empresa Borges e Junqueira Construções. No total, o Município investe R$ 736.030 para a recuperação completa.

“Essa é uma das mais movimentadas avenidas, com uma atividade comercial forte e muitas residências. Fizemos esse compromisso, juntamente com o vereador Orivaldo da Farmácia, e vamos resolver, de forma definitiva, um problema que há mais de 20 anos causa transtornos aos moradores. Além disso, a insuficiência no escoamento danifica constantemente a estrutura, causando prejuízos também para os cofres públicos”, comentou o prefeito.

O secretário de Obras Públicas, Vanderlúcio Rodrigues, explicou que a atual rede de drenagem continuará existindo. Dessa forma, paralelo a ela, uma nova será construída, utilizando manilhas de concreto armado de dois tamanhos. Segundo ele, em parte da obra serão empregadas tubulações de 40 centímetros e, em outra, de 1,2 metro de diâmetro. A expectativa é de que, a partir disso, a capacidade de escoamento seja triplicada.

“A drenagem existente não suporta mais o volume de água em dias de chuvas intensas. Então faremos uma nova tubulação e, após essa etapa, completaremos a com o recapeamento. Esse é um trabalho que estamos fazendo continuadamente. Ao longo da gestão detectamos vários pontos de alagamento e estamos trabalhando para solucionar. Já fizemos isso na Chácara dos Pinheiros, São Gonçalo Beira Rio, Santa Isabel e outras comunidades”, relata o secretário.

O presidente da Associação de Moradores do Jardim Industriário I, Samuel Alves Xavier, relatou que, quando chove na região, a água chega a atingir mais de um metro de altura, invadindo as casas edificadas na avenida. Ele destaca ainda que acompanhou de perto a elaboração do projeto e, agora, o mesmo será feito durante a execução, garantido que a obra seja de qualidade.

“Há muitos anos sofremos com esse transtorno. Vários gestores já passaram pela Prefeitura de Cuiabá e prometeram fazer essa reconstrução. No entanto, como é uma obra que fica de baixo da terra, não tem visibilidade, todos não se interessaram. Por isso, agradecemos ao prefeito Emanuel Pinheiro por tomar essa iniciativa e resolver esse problema de calamidade pública”, disse o presidente.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Estado desmente que há caso confirmado de coronavírus

Leia em seguida

Amarelinhos agridem equipe de TV em Cuiabá (veja vídeo)