Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Parlamentares de três partidos pedem cassação do mandato de Flávio Bolsonaro

Senador Randolfe Rodrigues entregou a representação ao presidente do Conselho de Ética, senador Jayme Campos

Parlamentares da Rede, do PT e do PSol apresentaram nesta quarta-feira pedido de cassação do mandato do senador Flávio Bolsonaro (sem partido–RJ) por lavagem de dinheiro, corrupção e associação com milícia. A petição (PCE 1/2020) foi entregue ao presidente do Conselho de Ética do Senado, senador Jayme Campos (DEM-MT).

O presidente tem cinco dias úteis para decidir se aceita ou não o pedido. Ele também pode solicitar parecer à Advocacia Geral do Senado, segundo as regras previstas no Regimento Interno da Casa.

Jayme afirmou que agirá com lisura, transparência e sem açodamento.

“Vou cumprir literalmente o que determina a lei, a Constituição Federal e o Regimento Interno do Senado, oferecendo o direito da ampla defesa ao representado e recorrendo à Advocacia Geral da Casa, que é o órgão competente para subsidiar o andamento do processo”, disse.

O líder da Minoria, senador Randolfe Rodrigues (Rede–AP) afirmou que os fatos são gravíssimos.

“Não fazemos uma representação de bom grado. Fazemos porque é imperiosa, porque os fatos são gravíssimos. Não podemos admitir. É incompatível com o exercício do mandato parlamentar os crimes aqui assinalados”.

Procurada pela reportagem, a assessoria do senador Flávio Bolsonaro informou que ele já se manifestou contrário ao pedido em suas redes sociais.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Crianças são encontradas trancadas em condições desumanas

Leia em seguida

Bandidos invadem residência e matam cinco pessoas em Nobres