Notícias de Última Hora :

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Tribunal determina afastamento de promotora alvo de ação do Ministério Público

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) determinou o afastamento da promotora de Justiça Solange Linhares, acusada de desviar R$ 985 mil em 13 Termos de Ajustamento de Conduta (TAC). A decisão está em segredo de Justiça. A decisão é da desembargadora Clarice Claudino.

Segundo o MPE, Solange, que atuava em áreas indígenas do Xingu,  “se valeu de um estratagema” para que os valores fossem encaminhados a projetos que “jamais existiram formal ou concretamente”.

A ação foi proposta no dia 17 de janeiro pelo procurador-geral de Justiça, Jose Antônio Borges, e pelo coordenador do Núcleo de Ações de Competências Originárias (Naco) Criminal, Domingos Sávio.

Conforme exposto  a promotora acredita ser vítima de misoginia. A denúncia traz palavras como “deleite” e “paixão pessoal”. Durante investigação, testemunhas foram perguntadas sobre como Solange se vestia durante visitas aos indígenas. O objetivo era saber se a promotora ficava nua.

Ainda conforme apurado pelo Olhar Jurídico, o promotor de Justiça Leandro Volochko foi temporariamente convocado para responder pela 1ª Promotoria de Justiça Criminal da comarca de Chapada dos Guimarães, local em que Solange estava atuando até seu afastamento.

O afastamento é cautelar e pode ser revertido.

Outro lado

A respeito da decisão de afastamento de suas funções públicas, a promotora Solange Linhares esclarece que está em viagem e, portanto, ainda não foi notificada da decisão.

A promotora afirma, ainda, que desconhece os fundamentos jurídicos do novo pedido. Solange também afirma que confia plenamente que a Justiça será feita, “pois há muitas provas de que as ações e projetos atacados na denúncia aconteceram”.

Ler Anterior

Prefeitura anuncia Salgadinho do Katinguelê como atração do Carnaval

Leia em seguida

Mãe flagra vizinho tentando estuprar filha de dois anos em Cuiabá