Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Grupo de Arcanjo deve mais de R$ 12 bilhões em impostos à União

O grupo empresarial ligado ao ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro, incluindo seus familiares, ex-diretores, e empresas, está devendo mais de R$ 12,3 bilhões em impostos à União Federal.

Os valores se referem aos débitos registrados apenas na cidade de Cuiabá, excluindo-se outras cidades, e constam no Sistema Dívida Aberta, da Procuradoria-geral da Fazenda Nacional.

O próprio João Arcanjo (pessoa física), com dívida registrada de mais de R$ 769 milhões,  e outras 18 pessoas e empresas ligadas a ele estão no topo dos 50 maiores devedores da União em Cuiabá.

Os débitos se referem à dívidas com o FGTS, multas trabalhistas e outros tipos de débitos previdenciários e tributários.

Família

Além das filhas e da ex-esposa, também aparecem na lista um ex-genro do contraventor, Diniz Almeida Queiroz Junior.

Além dele, também aparece outro genro: Giovanni Zem Rodrigues, preso em diversas operações da Polícia, acusado de comandar o jogo do bicho durante a prisão de João Arcanjo.

O uruguaio Adolfo Sesini, preso na Operação Arca de Noé acusado de ser testa de ferro do grupo de Arcanjo, também está na lista.

Empresas

Na lista, também aparecem empresas com dívidas vultosas, como factorings, rádio e até uma empresa que administrava um hotel sediado nos Estados Unidos.

Entre as empresas listadas estão a CD Factoring, Confiança Factoring, Unidas Investimentos e Participações, Cuiabá VIP Fomento Mercantil, JAR Projetos e Construção Civil, Universal Tower Investimentos, Rádio Club de Cuiabá e Estacione Parking Estacionamento.

Ex-diretores

Na lista dos devedores também aparecem nomes e empresas de ex-diretores das empresas de Arcanjo.

Ex-diretor da Confiança Factoring, o empresário Nilson Roberto Teixeira e o Posto América, também aparecem na lista.

O ex-contador Luiz Alberto Dondo e sua empresa Diego Contabilidade também aparecem com valores vultosos devidos à União.

Confira a lista com nomes e débitos registrados junto à União:

NOME VALOR DO DÉBITO
João Arcanjo Ribeiro R$ 769.683.479,18
Diniz Almeida Queiroz Junior R$ 752.963.021,68
CD Factoring Fomento Mercantil R$ 750.972.951,61
Christiany Josefa Ribeiro Queiroz R$ 750.843.968,45
Confiança Factoring Fomento Merc. R$ 659.945.948,19
Unidas Investimentos e Partic. R$ 655.148.948,25
Luiz Alberto Dondo Gonçalves R$ 648.616.692,63
Silvia Chirata Arcanjo Ribeiro R$ 619.341.457,51
Adolfo Oscar Sesini R$ 619.341.457,51
Cuiabá VIP Fomento Mercantil R$ 614.644.933,07
JAR Projetos e Construções Civis R$ 614.525.408,37
Giovanni Zem Rodrigues R$ 614.431.924,20
Radio Club de Cuiabá R$ 614.402.708,25
Universal Towers Investimentos R$ 614.369.343,32
Kelly Arcanjo Ribeiro R$ 614.361.527,76
Estacione Parking Serviço de Estac. R$ 614.358.749,25
Diego Contabilidade R$ 614.358.749,25
Nilson Roberto Teixeira R$ 614.358.749,25
América Auto Posto Ltda R$ 614.358.749,25
TOTAL  R$ 12.371.028.766,98

Fonte: Dívida Aberta/PGFZN

Ler Anterior

Após deixar Globo, Mauro Naves acerta contrato com Fox Sport

Leia em seguida

Bloco ‘Boca Suja’ conquista premiação do Carnaval da Gente 2020