Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

terça-feira, 27 de outubro de 2020

primeiro caso em mt tem síntomas do coronavírus; Estado adota cautela

Um morador de Alto Taquari (480 quilômetros de Cuiabá) está em quarentena em sua residência após aprensetar sintomas semelhantes aos de pacientes acometidos pelo coronavírus. A informação foi confirmada pelo prefeito da cidade, Fábio Garbúgio (PTB).

De acordo com o gestor, o caso já foi notificado à Secretaria de Estado de Saúde. O paciente é monitorado e exames dele já foram encaminhados para São Paulo, onde os resultados definirão se ele possui, ou não, a doença, que já matou milhares de pessoas pelo mundo, tendo a maior parte dos casos notificados na Ásia.

Segundo o prefeito, o paciente de Alto Taquari esteve recentemente na Itália, país que tem registrado aumento significativo da doença. Nas últimas semanas, 12 pessoas morreram no país em virtude da epidemia.

Porém, a Secretaria Estadual de Saúde tem tratado o caso com cautela. Até o momento, não é notificado como caso suspeito da doença, apesar das precauções tomadas pelos profissionais de saúde.

Este é o segundo registro de possível caso suspeito da doença. No início do mês, uma paciente que esteve na Ásia apresentou sintomas semlhantes ao do coronavírus. Todavia, os síntomas não duraram muito tempo e foi descartado. Na ocasião, médicos que atenderam a paciente usaram proteção por todo o corpo.

EPIDEMIA MUNDIAL

O surto do novo coronavírus começou em dezembro de 2019, na região de Wuhan, na China. Rapidamente, a doença – que apresenta sítomas semelhantes à pneumonia – se espalhou pelo país e, posteriormente, por toda a Ásia.

Nos últimos dias, chegou com força na Europa, tendo a Itália como principal alvo. No país, mais de 12 pessoas morreram pelo vírus.

Já nesta terça-feira, foi registrado o primeiro caso da doença no Brasil. Um paciente de São Paulo, que esteve recentemente na Itália, testou positivo para a doença. Ele está isolado no hospital Albert Einstein e o Ministério da Saúde monitora outras pessoas que esteve com o paciente nos últimos dias.

Além deste caso confirmado, outros 20 são tratados como suspeitos. Nenhum em Mato Grosso.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Dupla que bateu e roubou carro de PM é presa em bairro de VG

Leia em seguida

TCE usa exemplo de municípios em capacitações