Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Sessão que pode cassar Abílio Jr segue turbulenta; rito será votado

O dia começou agitado na Câmara de Vereadores de Cuiabá. Hoje ocorre a sessão extraordinária em que será votada, pelo plenário, a cassação de mandato do vereador Abílio Jr. Ele é processado por quebra de decoro parlamentar, abuso de prerrogativa e calúnia.

A Comissão de Ética decidiu, por unanimidade, pela cassação do vereador. Já a Comissão de Constituição e Justiça derrubou o relatório e votou por manter o mandato. A decisão, agora, cabe ao plenário.

Nesta quinta-feira (5), nas redes sociais, Abílio falava em tom de despedida e admitiu que hoje pode ser seu último dia na Câmara de Vereadores. “Amanhã pode ser meu último dia. Se for cassado fico 8 anos sem pode ser candidato a nada. Votação da cassação é amanhã, sexta feira as 8 horas. Se isso acontecer, sigo em paz. ‘Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé’, escreveu.

Câmara de Cuiabá

Sessão de cassação de Abílio Jr

Abílio convoca a população, há dias, para protestar na Câmara durante as sessões em que o processo entra em pauta. Ele acompanha a sessão enrolado em uma bandeira de Cuiabá.

A Câmara está lotada. A Polícia Militar está contendo as pessoas e fechou as portas da Casa de Leis. As entradas para as galerias também estão bloqueadas.

09h30 – A Câmara de vereadores de Cuiabá vota, neste momento, que rito será adotado para a decisão: se o previsto no decreto 201/67, do Regimento Interno, ou um outro rito proposto pela Mesa, composto de cinco passos. O presidente Misael Galvão propôs um rito diferente do que prevê a Lei Orgânica e o Código de Ética, o que causou novo alvoroço entre os vereadores da oposição que, com dedos em riste, esbravejam contra o presidente da Câmara.

8h40 – Logo cedo, polêmicas tiveram início antes mesmo da sessão. O advogado de Abílio, Carlos Rafael, afirmou ter sido barrado na entrada da Câmara e denunciou que o mesmo acontecia com outras pessoas que vinham acompanhar a sessão plenária. Ameaçou chamar a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e entrou.

O vereador Diego Fuimarães, que faz parte da oposição ao lado de Abílio, afirmou que as galerias da Casa estão lotadas de servidores da Prefeitura de Cuiabá e da Câmara, ou seja, contra Abílio.

Ler Anterior

Não Aceitar Fim De Relação É Causa De 33% Das Agressões A Mulheres

Leia em seguida

Animais peçonhentos estão tomando conta de condomínio de luxo em Cuiabá