Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

terça-feira, 27 de julho de 2021

Odontologia Preventiva- O melhor tratamento é sempre o cuidado preventivo

A odontologia preventiva visa a manutenção da saúde e qualidade de vida dos pacientes, atuando de forma a identificar e prevenir doenças orais antes que elas se tornem um fator de risco para a saúde bucal.

Muitas vezes  a procura pelos dentistas e a preocupação com a saúde bucal surgem somente quando algo começa a doer. Esta é a odontologia tradicional, no qual o dentista resolve o problema e o paciente só volta ao consultório quando outro problema surge. Entretanto, é muito mais vantajoso (e saudável) prevenir do que tratar, não é mesmo? É ai que entra a odontologia preventiva.

Ter uma boa higiene da boca e dos dentes e fazer visitas regulares ao dentista a fim de realizar procedimentos da odontologia preventiva é fundamental para manter a saúde bucal em dia

Claro que a odontologia moderna oferece diversos tipos de tratamento, mas a prevenção ainda é a melhor opção. 

Quais doenças podem ser evitadas por meio da odontologia preventiva?

A odontologia preventiva visa evitar o aparecimento das principais doenças bucais. Além de manter a integridade de sua boca, esse tipo de acompanhamento mantém seu sorriso bonito, o que é um fator essencial para a autoestima do indivíduo.

Principais doenças que podem ser evitadas com visitas periódicas ao dentista.

Cárie

A cárie é uma doença muito comum, mas que pode ser facilmente evitada. Ela é uma das principais responsáveis pela perda dentária e se desenvolve por causa da proliferação de bactérias, que ocorre devido a uma higiene bucal deficiente.

Doenças periodontais

A gengivite e a periodontite são doenças gengivais causadas pelo tártaro, que, por sua vez, se desenvolve devido ao acúmulo de placa bacteriana. A gengivite consiste em uma inflamação nos tecidos, causando inchaço e sangramentos. Quando não tratada adequadamente, evolui dando origem à periodontite.

A periodontite é uma infecção grave, que além de causar a destruição dos ossos e tecidos responsáveis pela sustentação dos dentes, ainda contribui para o aparecimento de outras doenças. Isso porque as bactérias presentes na inflamação podem cair na corrente sanguínea, causando doenças sistêmicas.

Mau hálito (Halitose)

Apesar de não trazer prejuízos à saúde bucal, o mau hálito incomoda bastante, pois ninguém gosta de conversar com uma pessoa que tem aquele odor desagradável na boca. Ele pode ser causado por diversos fatores, como má higiene ou alguma doença sistêmica ou de origem bucal. 

Então o ideal é que a odontologia preventiva seja parte de qualquer fase da vida para evitar problemas futuros, sejam eles bucais ou não.

Mas se você pensa que todos estes problemas estão relacionados apenas com seu universo bucal, está totalmente enganado. “Existe uma relação, comprovada cientificamente da doença periodontal com diversas outras doenças do corpo, ditas como sistêmicas”. Dentre elas podemos destacar a diabetes, problemas cardiovasculares e respiratórios 

Quais são as vantagens da odontologia preventiva?

Quando você faz um acompanhamento com o dentista, ele vai atuar diretamente nas causas das doenças bucais e não nas consequências. Sendo assim, quando o profissional identifica a presença de placa bacteriana e tártaro, ele faz os procedimentos necessários para resolver os problemas. Dessa forma, ele evita o aparecimento das cáries e outras doenças.

Quais são os procedimentos realizados pela odontologia preventiva?

Durante as visitas ao dentista, o profissional realiza uma avaliação criteriosa da saúde bucal do paciente e, se necessário, pede exames para confirmar se está tudo em ordem. Além disso, é comum que os pacientes passem por uma limpeza profissional, que remove as bactérias responsáveis pela maior parte das doenças bucais.

E QUANTO EM QUANTO TEMPO O PACIENTE DEVE REALIZAR O TRATAMENTO ODONTOLÓGICO PREVENTIVO?

Esse tempo varia: “O tempo de cada retorno varia de indivíduo para indivíduo, mas quem pode melhor determinar é o profissional, juntamente com o paciente, de acordo com a necessidade especifica de cada um”. 

QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS DE UM DIAGNÓSTICO PRECOCE?

Os benefícios são enormes, além de se detectar uma doença no início, é mais fácil seu tratamento diminuindo o tempo de tratamentos e os custos. E claro, consequentemente, isso significa menos dor e menor prejuízo na perda de tecidos dentários.

 “É importante lembrar que o importante é cuidar da saúde, e não da doença. Quando a doença está instalada pode ser já tardio para uma boa recuperação”.

Roberto Maia de Almeida – CROMT 2147.
Especialista em Ortodontia e Odontopediatria

Santa Felicidade Clínica de Saúde
(65) 36220083.

Insta: robertomaiaalmeida

 

Ler Anterior

Lúdio faz representação ao MPE contra lei que cria verba indenizatória para secretários

Leia em seguida

Fávaro anuncia Margareth Buzetti como primeira suplente; 2ª suplência está indefinida