Notícias de Última Hora :

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

quarta-feira, 20 de outubro de 2021

TCU aceita pedido do governo em ação contra derrubada de veto que geraria rombo de mais de 20 bilhões ao ano

A medida traria impacto aos gastos de R$ 20 bilhões por ano e de R$ 217 bilhões numa década

TCU aceitou um pedido do governo e suspendeu ampliação de benefício concedida pelo Congresso.

Bruno Dantas, ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), atendeu pedido de medida cautelar do governo federal contra a ampliação do Benefício de Prestação Continuada (BPC), aprovada pelo Congresso Nacional.

A decisão dá à equipe econômica amparo legal para não cumprir a mudança na lei, sem a indicação de uma fonte para compensar a despesa adicional da União.

Ela deve ser ratificada pelo plenário do Tribunal na próxima semana, destaca o jornal O Globo.

A medida traria impacto aos gastos de R$ 20 bilhões por ano e de R$ 217 bilhões numa década.

Dantas decidiu com base em um acórdão do Tribunal, de agosto de 2019, que veda a execução de qualquer tipo de despesa que não esteja prevista no orçamento anual da União, a não ser que se aponte uma fonte alternativa para compensar o gasto.

A decisão do TCU foi uma resposta à uma consulta do Ministério da Economia, na ocasião, sobre como proceder em relação de atos que aumentem a despesa sem a receita correspondente — baseada na Constituição Federal e a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

“Vamos ao Supremo, vamos ao TCU [Tribunal de Contas da União]. Você não pode criar R$ 20 bilhões de gastos sem dizer de onde vem os recursos”, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta quinta-feira (12).

Fonte:renovamidia.com.br

Ler Anterior

‘Eu abracei meio Congresso’, diz senador que testou positivo para coronavírus

Leia em seguida

MAIA ESTÁ TENTANDO ESCONDER O RESULTADO?