Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

domingo, 7 de março de 2021

Ministério da saúde repassa pouca vacina e Cuiabá adia campanha contra gripe

A Prefeitura de Cuiabá adiou o início da campanha nacional de vacinação contra o vírus influenza (gripe) e influenza A (H1N1) aos portadores de doenças crônicas e idosos porque o Ministério da Saúde repassou somente 9,5 mil doses da vacina e assim tentar evitar aglomerações nos postos de saúde, como aconteceu na manhã desta segunda-feira (23) em pelo menos quatro pontos da cidade — Cohab São Gonçalo, Pedra 90, Pedregal e Posto de Saúde da Família do Verdão (antiga Policlínica).

De acordo com informações da assessoria de comunicação da SMS (Secretaria Municipal de Saúde), o governo federal tinha previsão de entregar mais doses hoje, porém adiou o prazo nesta manhã para a quinta-feira (25), obrigando ao reinício da imunização somente na sexta-feira (27).

Tentando contornar os tumultos, a SMS distribuiu senhas às pessoas, que correram em massa nesta manhã para os postos de vacinação confundindo a vacina como possível “remédio” ou “reforço”, conforme comentavam alguns à espera na fila no Verdão. Lá, a informação dada e confirmada pela comunicação da prefeitura é de que somente os postos de atenção básica receberiam doses, o que não seria o caso da antiga policlínica.

O ministro da Saúde e médico Luiz Henrique Mandetta esclarece que as vacinas anti H1N1 não têm qualquer efeito contra o corona vírus-7 ou a Covid-19, mas o pânico parece predominar e as pessoas se aglomeravam nos postos mesmo assim. À redação, chegaram também relatos via WhatsApp acusando funcionários do Posto da Cohab Jardim Industriário de “esconderem as vacinas”.

A Prefeitura de Cuiabá disse que isso não foi feito e afirmou que nem mesmo as equipes de funcionários da saúde foram imunizados ainda, à espera do novo suprimento. “Tivemos que dar uma pausa. Do montante que chegou pra nós, vacinamos os acamados e a maioria dos idosos em casa mesmo. Os que foram aos postos receberam senhas para não aglomerar”, explicou a assessoria.

LEIA ÍNTEGRA DA NOTA OFICIAL

Sobre a suposta acusação de que servidores da Saúde estariam escondendo vacinas, a Secretaria de Saúde recebe esclarece:

1- A informação não procede.

2-Os servidores da Saúde estão se doando sem precedentes para proteger o público mais vulnerável à disseminação do coronavírus, inclusive priorizando a vacinação em casa para os idosos acamados e os mais sucetíveis ao Coronavírus. 

Os demais idosos foram recebidos nos postos de Saúde mediante senha.

3-  A SMS lamenta que informações inverídicas sejam propagandas contra profissionais que não medem esforços para atuar mediante um cenário de incerteza e projeções avassaladoras.  Necessário reiterar que os servidores atuam pautados pelo respeito ao cidadão; 

– A Secretaria informa que recebeu apenas 9,5 mil doses de vacina do Ministério da Saude e, mediante a insuficiência do quantitativo, o período de vacinação somente será retomado na próxima sexta, dia 27/3.

Ler Anterior

Grêmio registra mais um caso de coronavírus

Leia em seguida

Vamos terminar o ano com a mais profunda recessão de nossa história,crava Vivaldo Lopes