Notícias de Última Hora :

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

quarta-feira, 20 de outubro de 2021

O mundo mudando

Onofre ribeiro

Ao longo da História a garantia sempre foi a de que a humanidade evolui por ciclos. Um tempo de ordem, outro de desordem. Um de prosperidade. Outro de miséria. Um de desenvolvimento econômico e tecnológico. Outro de reconstrução. E cada ciclo engata no anterior. Ao conjunto se chama evolução!

Vamos ao agora. O século 20 foi marcado por fatos graves. A primeira guerra entre 1914 e 1918. A segunda, de 1939 até 1945 foi um desdobramento mais duro e mais agressivo. O mundo se dividiu em duas fatias: uma liberal, outra socialista. Isso acabou em 1990. Nasceu outro mundo. Todo o imenso e caríssimo aparato tecnológico criado pra uma possível terceira guerra mundial consequente da Guerra Fria, foi transformado em produtos de uso civil.

Aqui surgem na década de 1990 o telefone celular, a internet, o crescente uso das tecnologias pra ocupar espaços de atividades até então humanas ou das máquinas. O mundo a partir de 1990 mudou completamente e deu arrancada a uma série de mudanças que nos traz aos dias de hoje.

O que temos? Um mundo altamente conectado pelas comunicações e pelas tecnologias. Os mercados dependentes de fatores altamente subjetivos que podem acontecer aqui, ali ou lá distante. Na China, por exemplo.

De repente, surge um vírus nascido sob as mais duras suspeitas de honestidade, e invade o mundo econômico, comercial, negocial, financeiro, político e humano. Pessoas urbanas, despreparada pra lidar com sustos, habituadas às facilidades da modernidade tecnológica, se assustam e entram em pânico. O pânico é natural.

O que sairá da crise do vírus? Um mundo completamente diferente do mundo que entrou. Novos padrões financeiro, comercial, políticos e mercados com novas caras. E mais: as pessoas com novos comportamentos. O vírus terá sido mero provocador de uma das mais extraordinárias mudanças jamais havidas no planeta.

Especialmente os novos comportamentos coletivos. O mundo que fecha as fronteiras ao movimento das pessoas e ordena-lhes cortarem as relações sociais por risco do vírus, não sairá da paranoia igual entrou.

Não vou prosseguir com o tema, mas escrevo completamente tomado pela sensação de que nos próximos meses e anos nos sentiremos séculos à frente do nosso tempo atual que hoje julgamento moderno.

Onofre Ribeiro é jornalista em Mato Grosso.

 

Ler Anterior

Reunião com Bolsonaro, Mendes cobra liberação de R$ 1 bilhão do FEX para Covid-19

Leia em seguida

Advogado critica demora em ação contra Neymar