Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

quarta-feira, 3 de março de 2021

Governadores de todo Brasil se reúnem sem Bolsonaro para discutir coronavírus

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta-feira (25) uma reunião com os 27 governadores sem o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para tratar sobre a pandemia do coronavírus, que tem assolado a população brasileira com mais de dois mil casos confirmados no país.

Segundo informações, a reunião será realizada por videoconferência das 16h às 18h e foi convocada em razão da “gravidade da situação do país” e do “comportamento do presidente da República”.

Na noite de terça-feira (24), o presidente da República deu uma declaração afirmando que a doença se trata “apenas de uma gripezinha” e, por isso, não há necessidade em realizar quarentena, muito menos de fechar os comércios e escolas. Além disso, Bolsonaro acusou alguns governadores de estarem agindo “além da normalidade”, com medidas radicais.

“São verdadeiros donos de seus estados e municípios, proibindo o tráfego de pessoas, tráfego de rodovias, fechando empresas e comércios”, afirmou o presidente.

Mato Grosso

Após o pronunciamento de Bolsonaro, o governador Mauro Mendes (DEM) declarou que irá continuar incentivando o isolamento social e seguirá permitindo o funcionamento somente de atividades consideradas essenciais à população.

“Vamos continuar a restringir o convívio social e a preparar toda a estrutura necessária para atender aos possíveis doentes do coronavírus. Não iremos proibir nenhuma atividade econômica essencial, desde que haja a devida obediência às regras sanitárias”, pontuou Mendes.

Ler Anterior

Tiago Nunes diz que treinadores enviam currículo ao Corinthians

Leia em seguida

Politec suspende atendimento para emissão de RGs nos postos de identificação