Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

Constantino: É natural existir divergência entre Mandetta e Bolsonaro

Bolsonaro afirmou que, apesar de Mandetta ter “extrapolado”, não vai demiti-lo “no meio da guerra”

*Po Rodrigo Constantino

Jair Bolsonaro diz que ministro da Saúde extrapolou, mas que não vai demiti-lo no meio da guerra. Em entrevista à Jovem Pan, o presidente disse que está faltando humildade e que Luiz Henrique Mandetta deveria ouvi-lo.

“Eu vi muitas verdades duras sendo ditas pelo presidente na entrevista, algumas distorções. Mas ele dobrou a aposta que já vem fazendo: reforçar a importância do lado econômico. O ministro Mandetta, que hoje é reconhecido como técnico e no passado era criticado, tem feito um bom trabalho. Mas ele tem um mandato específico.

Como todo ministro da Saúde, ele ta preocupado apenas com a saúde. O presidente tem que ter uma visão mais geral e holística. Ele está preocupado também com os milhões de desempregados e existe um custo econômico para as medidas de isolamento. Acho natural existir divergências, só não acho que seja de bom tom trazer a publico dessa maneira.”

Fonte: Jovem Pan

Assista o comentário de Rodrigo Constantino sobre o assunto:

Ler Anterior

Ministério da Saúde abre 56 vagas do programa ‘Mais Médicos’ para Mato Grosso

Leia em seguida

Deputados querem que governo reveja suspensão de contrato com professores interinos