Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

quarta-feira, 14 de abril de 2021

TRE da prazo de 90 dias para partidos políticos regularizarem prestação de contas

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, Gilberto Giradelli determinou a retirada pelo prazo de 90 dias, todas as restrições impostas aos partidos políticos por atraso na prestação de contas referentes aos anos de 2017 e 201

A decisão atende ação – de nº PA 0600151-04.2020.6.11.0000 – impetrada no último dia 27 de março, pela assessoria jurídica do PT. E de acordo com secretário de finanças e planejamento do partido, Edilson Pedro Spenthof, “neste período os partidos deverão formular novo pedido de regularização de suas contas junto à Justiça Eleitoral.”

“Como penalidade pela ausência da prestação de contas anuais, a Justiça Eleitoral havia determinado a suspensão de diversos Diretórios Municipais em débito com as prestações de contas referentes aos anos de 2017 e 2018, e com a prestação das contas eleitorais de 2018. Como consequência, os partidos políticos estavam impedidos de regularizar seus CNPJs junto à Receita Federal, de ter acesso aos sistemas da Justiça Eleitoral para providenciar a apresentação das contas e impedidos, também, de regularizar seus órgãos de direção municipais, com também de inserir novos filiados”, explicou.

A obrigatoriedade na prestação de contas das agremiações partidárias atende preceito constitucional (Art. 17, III) da legislação relativa aos partidos políticos e a Lei 9096/95, Art. 32, Caput, que determina a o envio anual do balanço contábil do exercício findo até o dia 30 de junho do ano seguinte (Lei nº 13.877, de 2019), mesmo quando não houver movimentação financeira.

“A ação foi proposta pelo PT, mas a decisão do desembargador Giradelli beneficia todos os partidos políticos, já que muitos deles enfrentavam os mesmos problemas e estavam com as atividades de seus diretórios suspensas por problemas na prestação de contas. Ressalto que tanto o presidente e quanto o secretário de finanças de cada Diretório Municipal e Estadual, de todos os partidos políticos, precisam prestar as contas de 2017 e 2018 neste prazo de 90 dias”, explicou o advogado do PT, Wilmar Schrader.

“Sensível às dificuldades impostas aos novos dirigentes e visando garantir a participação de nossos(as) candidatos(as) no pleito eleitoral de 2020, o diretório estadual do PT-MT está disponibilizando, excepcionalmente, suas assessorias contábil e jurídica para os diretórios municipais do partido; considerando a exigência de ambos como responsáveis técnicos e jurídicos junto ao Sistema de Prestação de Contas Anual (SPCA) e de protocolo e acompanhamento de diligências no PJe – Processo Judicial Eletrônico”, disse Spenthof.

“Alertamos que as contas anuais de 2019, cujo prazo para apresentação junto ao T.R.E é 30 de junho de 2020, serão de inteira responsabilidade dos Diretórios Municipais, sendo-lhes facultado optar pelos profissionais (contador e advogado)– sugeridos pelo Diretório Estadual com o ônus dos honorários à conta de cada um”, concluiu o presidente estadual do PT-MT, deputado estadual Valdir Barranco.

Ler Anterior

TCE recomenda que não sejam rescindidos ou suspensos os contratos de professores

Leia em seguida

Águas Cuiabá fornece hipoclorito de sódio para desinfecção de áreas públicas