Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

Área desmatada e confinamento bovino são embargados no Oeste de MT

Em uma operação conjunta entre Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) e Polícia Militar, foram aplicados R$ 11 milhões em multas por infrações ambientais nos municípios de Pontes e Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade, na região Oeste do Estado. A ação é resultado da fiscalização de 33 pontos de alertas de desmatamento gerados a partir da Plataforma de Monitoramento da Cobertura Vegetal que utiliza imagens da constelação de satélites Planet.

A equipe embargou um confinamento bovino com 1100 cabeças que operava sem licença ambiental; 1600 hectares por desmatamento ilegal em área de especial proteção no bioma Amazônia; 500 hectares de pecuária extensiva sem Autorização Provisória de Funcionamento (APF). A operação realizada entre os dias 13 e 17 de abril também apreendeu um trator de esteira e um caminhão carregado de lenha.

Em uma das propriedades fiscalizadas, o desmatamento ilegal foi paralisado pela equipe, evitando a derrubada de mais de 500 hectares de floresta.

As atividades de fiscalização ocorrem dentro do Plano de Ação de Combate ao Desmatamento Ilegal e Incêndios Florestais 2020. O plano prevê a aplicação de R$ 64 milhões em seis frentes de atuação: planejamento e gestão, monitoramento, fiscalização, responsabilização, prevenção e combate aos incêndios florestais, e comunicação.

Os recursos virão de três fontes: R$ 42 milhões oriundos do fundo de recuperação da Operação Lava Jato e o restante será dividido entre orçamento próprio do Governo de Mato Grosso e aportes do Programa REDD+ para Pioneiros.

Ler Anterior

Mato Grosso é o 6° Estado com menor índice de mortes no país

Leia em seguida

Veja as principais medidas do decreto 7.886 assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro