Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

sexta-feira, 5 de março de 2021

Bancos recebem fiscalização rígida para evitar aglomeração

As aglomerações nas instituições financeiras por munícipes que buscam o pagamento da parcela emergencial de R$ 600 pelo Governo Federal continuam sendo alvo das ações de fiscalização municipal, que reúne servidores das Secretarias de Ordem Pública, Meio Ambiente e Mobilidade Urbana.

Mesmo diante das medidas adotadas pela Prefeitura de Cuiabá, como o decreto 7892/2020,  que exige que os bancos adotem medidas para evitar a aglomeração de pessoas, as equipes de fiscalização da Secretaria de Ordem Pública (Sorp) ainda se deparam com munícipes ainda incrédulos quanto à necessidade das ações preventivas.

“Estamos travando uma luta diária  contra à Covid-19,  mas graças as medidas adotadas pela Prefeitura de Cuiabá,  que foram duras,  mas extremamente necessárias para proteger a vida e a saúde das pessoas,  Cuiabá vem conseguindo se manter como a capital com menor índice de óbitos pela doença. Temos o apoio da maioria da população, entretanto algumas medidas ainda precisam ser tomadas. Eu não vou deixar todo o nosso trabalho ir por água abaixo. Se necessário for, vamos penalizar os bancos e quem não estiver contribuindo para evitar a disseminação do novo coronavirus”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

Na semana passada, a fiscalização autuou uma agência bancária que manteve mais de 700 pessoas aglomeradas em frente a uma unidade instalada na rua Barão de Melgaço.  A partir das notificações e autuações lavradas pelos fiscais da Prefeitura aos bancos, as instituições podem sofrer restrições, além de pagar multas, que poderão ser diárias.

No decreto, o prefeito pontua  que todos os estabelecimentos descritos devem dar total publicidade das regras e recomendações de biossegurança, com enfoque principal à necessidade de manter distanciamento entre as pessoas, por meio de cartazes ou painéis explicativos que devem estar bem visíveis e distribuídos nas áreas de operação das respectivas atividades.

Ler Anterior

Multa de R$ 80,00 por funcionários que não usar máscara nas empresas

Leia em seguida

Grêmio voltará a treinar na próxima segunda-feira (11) em Porto Alegre (RS)