Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Deputado denuncia gestão de prefeito por superfaturamento de papel higiênico

O deputado estadual Ulysses Moraes (PSL) oficializou uma denúncia no Ministério Público Estadual contra o prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio, pelo gasto de R$ 715 mil em papel higiênico. A denúncia está sendo apurada pelo Ministério Público de Contas (MPC), que já mostrou diversos indícios graves de ilegalidade no processo de compra.

Em vídeo, o parlamentar questiona se a secretária de Saúde do município, Izalba Albuquerque, utilizou o coronavírus (Covid-19) para aproveitar a dispensa de licitação na compra do material.

“Talvez a secretária não tenha lido a compra que ela fez, o documento que ela assinou. Aqui ela diz o seguinte, que o quantitativo de 204 mil rolos é estimado para o período de 90 dias. Será que a secretária utilizou o coronavírus para fazer dispensa de licitação? Não justifica”, afirma Ulysses.

De acordo com Izalba, durante o ano de 2019 inteiro foram adquiridos 198 mil rolos de papel higiênico. Entretanto, na compra de quase R$ 1 milhão de reais, a gestão afirma que a quantia será apenas para 90 dias. “Essa gestão está uma verdadeira vergonha nessa pandemia”, completa Ulysses.

Em resposta aos questionamentos de Ulysses, a secretária já afirmou que o não conhecia o deputado e que ele não compreende a situação do município. “O senhor está tentando atingir politicamente o prefeito Zé do Pátio, que é um homem muito sério e tem uma história política irrepreensível”, defendeu, afirmando ainda que o dinheiro público é “muito bem aplicado”.

Em nota, a prefeitura afirma que o cálculo para a compra considerou um cosumo elevado devido ao coronavírus, com maior movimentação em hospitais e unidades de saúde. De acordo com o último boletim epidemiológico da Secretária Estadual de Saúde, Rondonópolis possui 50 casos confirmados e nenhuma morte em decorrência da Covid-19.

Além disso, de acordo com o MPC, o fornecedor dos papéis higiênico está cadastrado na Receita Federal como comércio especializado de equipamentos de informática, o que não é compatível com a compra. O processo aponta ainda que a empresa beneficiada apresentou um segundo orçamento com indícios de rasura, no valor de R$ 900 mil.

Ler Anterior

Vacinação contra H1N1 recomeça na 2ª

Leia em seguida

MP cria ‘vale covid’ e mais 30 cargos