Notícias de Última Hora :

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

sábado, 16 de outubro de 2021

TCE flagra direcionamento, sobrepreço de 60% e suspende licitação em MT

O conselheiro interino do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), Isaias Lopes da Cunha, determinou a suspensão de uma licitação na prefeitura de Lucas do Rio Verde (354 KM de Cuiabá). O certame tem o objetivo de contratar uma empresa para fornecer um software que realize a gestão integrada dos sistemas da Secretaria de Assistência Social do município. A decisão foi publicada na última quarta-feira (10).

De acordo com informações do TCE, o edital para a contratação da empresa possui algumas irregularidades, como a inclusão de características desnecessários ou irrelevantes no objeto da licitação, que direcionam ou restringem o negócio, além do software ter que atender 100% das funcionalidades exigidas para ser classificado. O valor que a prefeitura pretende gastar com a empresa vencedora é de R$ 127,7 mil.

Em sua decisão, o conselheiro interino Isaias Lopes da Cunha reconheceu os indícios de direcionamento na licitação. “Exigir o cumprimento da totalidade de itens que não são previamente especificados de forma objetiva no edital, pode ensejar o direcionamento da licitação, em inobservância ao princípio da ampla competitividade”, explicou ele.

Outra irregularidade apontada no certame foi a deficiência na composição de preços para a prestação do serviço. De acordo com a representação do TCE-MT, apenas os orçamentos de três empresas de tecnologia foram apresentados. Dessas, só uma possui experiência comprovada na área de gestão de sistemas de dados do setor público de assistência social.

Isaias Lopes da Cunha revelou, ainda, que dois orçamentos públicos realizados nas prefeituras de Cáceres (222 KM de Cuiabá) e Diamantino (183 KM da Capital), para o mesmo tipo de serviço, eram 60% menores do que aqueles apresentados para a prefeitura de Lucas do Rio Verde.

“A Unidade de Instrução efetuou pesquisas de preços e identificou 02 orçamentos públicos, das Prefeituras Municipais de Cáceres e Diamantino. Desse modo, do comparativo de preços, constata-se que o valor de referência para o “item 1” apresentado, com os preços de referência pesquisado, resultaria em uma economia de R$ 53.919,56, caracterizando fortes indícios de sobrepreço superior a 60% para preço de referência proposto”, diz trecho da publicação.

O conselheiro interino do TCE determinou a notificação do prefeito de Lucas do Rio Verde, Luiz Binotti (PSD), além da pregoeira municipal, Jéssica Regina Wohlemberg, para dar explicações sobre o certame.

 

Ler Anterior

Enfermeira que atuava no Hospital Geral falece com suspeita de Covid, na Capital

Leia em seguida

Emanuel diz sofrer ataques gratuitos e se nega reunir com Mauro