Notícias de Última Hora :

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

sábado, 23 de outubro de 2021

Leis e ações ajudam a combater a Covid-19 em Mato Grosso

No dia 11 de março de 2020, a Organização Mundial de Saúde declarou como pandemia a infecção humana causada pelo novo coronavírus. Em nível regional, medidas e ações foram tomadas pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso para combater a Covid-19. Para isso, nesse interím, os deputados já apresentaram 249 projetos de lei.

Desse total de propostas, de acordo com a Secretaria de Serviços Legislativos, 14 já viraram leis. Elas foram aprovadas em Plenário e sancionadas pelo governo do estado. A 1ª proposta apresentada pelos deputados para minimizar os efeitos na saúde e nas atividades econômicas mato-grossenses foi no dia 18 de março.

De autoria de lideranças partidárias, o projeto de lei 202/2020, virou a Lei nº – 11097/2020, norma que garante o acesso de toda população do Estado de Mato Grosso, consumidores finais, inclusive os centros hospitalares, clínicas médicas e centros de saúde, aos produtos destinados à prevenção e ao combate ao vírus da Covid-19.

Para agilizar os trabalhos e evitar a aglomeração e a contaminação de servidores e deputados, a Mesa Diretora passou a realizar as sessões do Plenário através do Sistema de Deliberação Remota, utilizando da plataforma digital (https://zoom.us/) ou equivalente, como medida excepcional destinada. Elas são realizadas todas as quartas-feiras – das 8 horas às 12 horas e das 13 horas às 17 horas.

Outra matéria aprovada pelo Parlamento foi o projeto de lei 204/2020 – de lideranças partidárias – que reduziu a 7% a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) dos produtos comercializados em Mato Grosso como: álcool em gel, luvas médicas, máscaras médicas, hipoclorito de sódio e álcool 70%.

Os deputados também aprovaram a Lei 11.150/2020, que reduz o valor das mensalidades na rede privada de ensino, em decorrência da suspensão de aulas presenciais nas escolas e universidade por causa da Covid-19. A norma prevê um desconto mínimo obrigatório de 5% no valor das mensalidades e flexibilização de 10% a 30% a serem concedidos durante a pandemia.

A divulgação de notícias falsas em Mato Grosso sobre o novo coronavírus – mais conhecida como fake news – virou a Lei 11.128/2020. Ela é de autoria do deputado Valdir Barranco (PT). A lei prevê multa para quem divulgar fake news sobre epidemias, endemias, pandemias em Mato Grosso. A multa varia de 20 a 200 Unidade Padrão Fiscal. O valor da UPF é de R$ 151,65, e pode e pode ultrapassar R$ 30 mil.

Mas até agora a proposta que gerou mais polêmica no Parlamento foi o projeto de lei 365/2020, que concede renda mínima para os professores interinos do Estado. Aprovado pelos deputados, o governador Mauro Mendes (DEM) o vetou. Mas o veto foi derrubado em sessão plenária por 16 votos.

“Tentamos de todas as formas o acordo. Se é legal dar voucher de R$ 600 para ambulante que perdeu o emprego, então é legal dar uma ajuda para os professores que têm contribuído para o Estado”, afirmou o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM).

Além de discutir e aprovar matérias relacionadas ao tema Covid-19, o Parlamento estadual fez a devolução de R$ 30 milhões ao governo do estado – Secretaria de Estado de Saúde (SES) – utilizar o recurso em ações contra o novo coronavírus. Nas obras de ampliação do Hospital Metropolitano de Várzea Grande, o governo investiu R$ 16,5 milhões. Desse total, R$ 10 milhões foram doados pela Assembleia Legislativa.

Ler Anterior

Estelionatários são presos após receber dinheiro de golpe na OLX

Leia em seguida

Prefeitura de Cuiabá antecipa compra de medicamentos para evitar falta