Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Cuiabá é o epicentro da pandemia da Covid-19 no Centro-Oeste

Mato Grosso tem sido frequetemente destaque nas mídias nacionais, por uma situação nada confortável, o crescimento de forma acelerada da Covid-19. Neste domingo (28), o estado voltou a ser destaque no programa Fantástico, da Rede Globo, pois Mato Grosso é hoje o Estado que apresenta a maior curva de crescimento da epidemia no país.

A reportagem mostrou cidades de todo o Brasil que recuaram na reabertura de atividades comerciais numa tentativa de conter a alta de casos que se seguiu à flexibilização do isolamento social. Foram citados números do novo vírus em Cuiabá – classificada como “epicentro da epidemia no Centro-Oeste – no dia 27 de abril, quando ocorreu a reabertura do comércio por determinação do Governo.

Naquela ocasião, a Capital acumulava 126 casos da doença e apenas uma morte em decorrência da Covid. Hoje, os casos passam de 3,1 mil e as mortes somam 136.

A reportagem exibiu, ainda, uma entrevista com a médica infectologista Marcia Hueb, em 27 de março, quando ela falava sobre o perigo de colapso na saúde do Estado, o que acarretaria na falta de leitos para internação.

“A angústia é porque em março tivemos um isolamento social bem sucedido. O que dava uma certa tranquilidade. E ocorre que o isolamento quando funcionava dá a impressão de que não é necessário, justamente porque está funcionando”, disse Marcia, em uma nova entrevista ao Fantástico.

A reportagem também falou sobre a decisão do juiz José Leite Lindote, da Vara Especializada da Saúde Pública de Várzea Grande, que determinou a quarentena coletiva em Cuiabá e Várzea Grande.

“Em 24 horas, tivemos 14 liminares de pessoas solicitando leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Se tem demanda por liminar, é porque não existe mais UTI em Mato Grosso”, afirmou o magistrado.

 

Ler Anterior

Uso de canais online dos bancos dispara com pandemia e antecipa digitalização

Leia em seguida

SES alerta que a taxa de ocupação de UTIs chegou a 95% e que só há 14 leitos vagos em MT