Notícias de Última Hora :

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Mato Grosso registra 16.304 casos e 629 óbitos por covid-19

Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (30.06), 16.304 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 629 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. As 39 mortes mais recentes envolveram residentes de Alta Floresta, Matupá, Cuiabá, Juína, Cáceres, Várzea Grande, Rondonópolis, Nova Mutum, Barra do Garças, Tangará da Serra e Jaciara.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (3.964), Várzea Grande (1.322), Rondonópolis (1.215), Sorriso (689), Primavera do Leste (636), Tangará da Serra (599), Lucas do Rio Verde (541), Nova Mutum (454), Sinop (413), Pontes e Lacerda (378), Campo Verde (339), Confresa (313), Cáceres (277), Barra do Garças (209), Campo Novo do Parecis (207), Colíder (206), Querência (201), Sapezal (175), Alta Floresta (158) e Alta Floresta (158).

Nas últimas 24 horas, surgiram 979 novas confirmações no Estado. A área técnica ainda esclareceu que foram corrigidas três ocorrências de duplicidade no sistema. Além disso, um caso anteriormente notificado em Sorriso foi reposicionado para Sinop, município de residência do paciente.

Dos 16.304 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 9.189 estão em isolamento domiciliar e 5.891 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 222 internações em UTI e 278 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 92,5% para UTIs e em 40,8% para enfermarias.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 51% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49% masculino; além disso, 4.396 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 19.109 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.420 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios.

Cenário nacional

Nesta terça-feira (30), o Governo Federal confirmou 1.402.041 casos da Covid-19 no Brasil e 59.594 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 58.314 óbitos e 1.368.195 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Ler Anterior

Duodécimo constitucional pode ser limitado por ato próprio do Chefe do Poder Executivo?

Leia em seguida

Nelson Barbudo defende propagação de mentiras na internet e critica PL das fakenews