Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

segunda-feira, 1 de março de 2021

Adolescente de 17 anos espanca ‘ex-namorada’ de 12 anos a pauladas

Um adolescente de 17 anos foi apreendido por lesão corporal, nessa quarta-feira (1), no bairro Parque São João, em Várzea Grande. O suspeito agrediu sua ex-namorada, uma pré-adolescente de apenas 12 anos de idade.

De acordo com o boletim de ocorrência, o rapaz começou a agredir a menina no meio da rua. Bastante agressivo, ele a empurrou contra uma parede e, com um cabo de vassoura, deu várias pauladas na vítima.

Não foi revelada a motivação para que o garoto praticasse as agressões. Como são menores de idade, os dois foram levados para delegacia, na companhia dos pais, para que os procedimentos cabíveis fossem realizados.

Devido às pauladas, a menina teve a perna esquerda bastante machucada. O Conselho Tutelar foi acionado para analisar o caso.

Vale lembrar que ele ainda pode ser obrigado a cumprir medidas socioeducativas, tendo em vista que, aos 12 anos de idade, a menina é legalmente vulnerável, ou seja, não responde por suas próprias ações.

Como ele também não pode ser julgado como adulto, pois é menor de idade, o delito é denominado como “ato infracional”, cabendo medidas socioeducativas pelo crime de estupro de vulnerável.

Ler Anterior

Após anos sendo maltratada, idosa cria coragem e denuncia o filho

Leia em seguida

Seletivo tem salário de R$ 7,1 mil em MT