Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

quarta-feira, 14 de abril de 2021

Morre em Cuiabá a escritora e professora Marilia Beatriz Leite

Integrante da Academia Mato-Grossense de Letras e uma das fundadoras da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), a profesora e escritora Marilia Beatriz de Figueiredo Leite morreu nesta sexta-feira (3) em Cuiabá, aos 76 anos. A causa da morte foi infecção pulmonar.

Ela estava internada em um hospital da Capital há cerca de uma semana lutando contra problemas no pulmão.

Conforme um amigo da escritora, Marília Beatriz já sofria com enfisema pulmonar e contraiu uma infecção recentemente.

Marília é graduada em Direito e mestre em Comunicação e Semiótica. Foi chefe do Departamento de Artes da UFMT, presidente da AML e publicou os livros “O Mágico e o Olho que Vê”, “De(sig)Ação: Arquigrafia do Prazer” e “Viver de Véspera”.

A classe literária de Mato Grosso foi abalada com a perda. Colegas lamentaram a morte.

O escritor e advogado Eduardo Mahon disse que Marília Beatriz era a personificação da modernidade.

“Marília levou adiante a noção de modernidade e sacudiu Mato Grosso com o vento litorâneo de onde vinha. Ventava o novo. Posicionou-se, do começo ao fim, de forma correta, coerente com a literatura que admirava e apoiava”, afirmou.

Ele ainda relembrou quando auxiliou na eleição da escritora para presidente da Academia.

“Tive a satisfação de conduzir a eleição de Marília à presidência da AML, tendo obtido a unanimidade de votos. Agradeço enormemente o carinho dela comigo. Graças ao estímulo de Marília, comecei a fazer literatura. Ela representou, a um só tempo, a vanguarda na Universidade Federal, acolhendo uma geração de novos artistas, uma safra em que ela mesma teve a alegria de colher”, disse.

Ler Anterior

PL 2.630/2020

Leia em seguida

Líder da Assembleia de Deus em Mato Grosso morre de covid-19