Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

Terceira cidade com mais casos de Covid-19, Rondonópolis libera feiras e indústrias

A  cidade de Rondonópolis é a terceira com mais casos de Covid-19 em Mato Grosso. Com 1.341 casos confirmados e 57 mortes, fica atrás apenas de Várzea Grande e Cuiabá. Ainda assim, a Prefeitura Municipal decidiu reabrir, nesta sexta-feira (3), as feiras livres e atividades da indústria.

A medida vai na contramão do decreto nº 522/2020, do Governo do Estado, que recomenda medidas mais restritivas em cidades com “risco muito alto” de contaminação, como é o caso da cidade.

Segundo o prefeito José Carlos do Pátio (SD), as feiras podem ser reabertas só para compras, sendo proibido apenas o consumo de alimentos no local.

As indústrias também estão autorizadas a retomar as atividades aos setores considerados essenciais, como as que produzem alimentos, medicamentos, segmento farmacêutico. A restrição é que operem com apenas um terço da equipe.

Mesmo funcionando desde a semana passada, após decisão do Tribunal de Justiça, outro serviço liberado para funcionar é o delivery e o drive thru para bares, restaurantes e distribuidoras.

Todos os serviços de que tratam de alimentação, estão proibidos de se consumir no local, de acordo com o decreto.

Continuam proibidos: autoescolas, cultos religiosos e academias. Parques, espaços públicos, horto florestal, ponte nova e ruas estão proibidos de serem frequentados. Consultórios médicos e odontológicos só podem atender casos de urgência e emergência.

Medida mais rigorosa que já foi adotada é o toque de recolher, que impede e circulação de pessoas das 19h às 5h de segunda a sexta-feira e proíbe as atividades aos sábados e domingos.

Ler Anterior

Barcelona oferece Griezmann à Juventus e pode ter Rabiot e Douglas Costa

Leia em seguida

TCE corta cargos e reduz gastos com salários em MT