Notícias de Última Hora :

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Falta leitos para uti e medicamentos agrava em mt e senador volta a cobrar o Governo

A falta de medicamentos essenciais para uso em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) é um grave problema que voltou a ser questionado pelo senador Wellington Fagundes (PL-MT) junto ao Ministério da Saúde. Membro da Comissão Especial da Covid-19, instituída pelo Congresso Nacional para acompanhar a situação fiscal e a execução orçamentária e financeira das medidas relacionadas ao coronavírus, Fagundes pediu ao ministro interino Eduardo Pazuello medidas que possam evitar o colapso no sistema.

Fagundes foi um dos primeiros a alertar para o risco da ausência de medicamentos essenciais nas UTIs. Entre os medicamentos essenciais em falta, está o relaxante muscular, usado em pacientes entubados. Durante sessão remota do Senado, ele solicitou ao ministro da Saúde que fossem adotadas medidas para garantir a regularização do estoque de remédios.

Até o momento, no entanto, pelos relatos médicos, a situação segue crítica. Neste final de semana, em entrevista a uma emissora de rádio da Capital, o médico infectologista Abdon Salam Khaled Karhawl admitiu que Mato Grosso padece com a falta de medicamentos para tratar pacientes internados em estado grave com a Covid-19. A ponto de o Conselho Regional de Medicina recomendar que os hospitais privados suspendesse a  realização de cirurgias eletivas de modo a não agravar ainda mais a situação.

“Já pedimos informações e acreditamos que haverá uma solução” – disse Fagundes, ao destacar a atenção do Ministério da Saúde com as demandas de Mato Grosso. Wellington defendeu, emergencialmente, que o Governo Federal assuma a regulagem dos estoques de medicamentos.

De acordo com o senador do PL, há um esforço de todos os parlamentares da bancada federal para garantir o máximo de equipamentos e medicamentos para o enfrentamento do grave quadro de saúde pública que o Estado está enfrentando neste momento, com o agravamento dos casos de Covid-19. Exemplo é a liberação de respiradores, que deverão atender vários municípios do Estado e também a própria Capital.

Falta de Crédito – A dificuldade de microempreendedores para ter acesso ao crédito durante a pandemia de coronavírus é tema de audiência pública da comissão mista que analisa as ações do governo federal no enfrentamento da covid-19. A reunião remota está marcada para esta terça-feira (7), às 10h.

A videoconferência deve contar com representantes de empreendedores, cooperativas, empresas de crédito, bancos públicos e órgãos do governo. “Essa é uma questão que já passou do tempo de ter uma solução. O trabalhador brasileiro não pode ser penalizado por essa situação” – disse o senador.


Ler Anterior

Mato Grosso registra 21.081 casos e 821 óbitos por Covid-19

Leia em seguida

Presidente bolsonaro vem a 3ª vez em visita a mato grosso