Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

sexta-feira, 5 de março de 2021

Mulher estava viva quando teve fogo ateado ao corpo pelo amante em MT

Vítima de feminicídio ainda estava viva quando teve fogo ateado ao corpo pelo amante, em Tabaporã (643 km ao norte). Jaqueline dos Santos, 24, mesmo depois de atingida com um tiro na cabeça, ainda sentiu a dor de ter o corpo queimado, quando o amante atirou combustível e ateou fogo.

Ela tinha maços de cabelos nas mãos quando o corpo foi localizado. O autor do crime foi preso pela Polícia Civil ma quinta-feira (2), e o delegado Carlos Henrique Engelman, vê nele sinais de psicopatia. Jaqueline deixou uma filha de um ano e 2 meses, que ainda era amamentada.

O corpo dela foi localizado no dia 20 de junho, um dia depois de deixar a criança na casa da vizinha e sair, dizendo que voltaria logo. Mas, no encontro ela foi executada por A.S.P., 21, com quem mantinha um relacionamento extraconjugal.

O assassino também é casado com uma advogada, confessou o brutal assassinato para a mulher, um dia depois. Segundo o delegado, ele tentou justificar que matou Jaqueline, porque ela ameaçou contar sobre o relacionamento de 4 meses para a esposa.

Mas a versão não convence, pois a própria advogada disse que já sabia do caso e havia perdoado o marido.

Ler Anterior

Ex-candidato a vereador espanca a própria mãe e acaba preso

Leia em seguida

TRE pede que TSE decida data de eleição em MT