Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

43 indígenas já morreram de covid-19 em MT

Em menos de 2 meses, 43 índios morreram vítimas de coronavírus em Mato Grosso. A primeira morte confirmada entre indígenas foi em maio, de um bebê xavante de 8 meses, e os números só vêm aumentando. Somente entre 1º a 7 de julho, os óbitos pela doença saíram de 27 para 43 casos, crescimento de 59%. A maior concentração está na etnia Xavante, com mais de 30.

Os dados são da Federação dos Povos Indígenas de Mato Grosso (Fepoimt). A mais nova vítima da pandemia é uma liderança indígena. O cacique Domingos Mahoro tinha 60 anos e era xavante. Domingos, que também era diabético, foi atendido pela Equipe Multidisciplinar de Saúde Indígena (EMSI) e encaminhado, no dia 25 de junho, para o Hospital das Clínicas de Primavera do Leste, para tratamento da covid-19.

Após apresentar piora no quadro clínico, foi solicitada a transferência para a UTI da Santa Casa de Cuiabá, porém, o paciente permaneceu aguardando a vaga.

O DSEI Xavante entrou com pedido de liminar junto à Defensoria Pública de Barra do Garças solicitando a imediata concessão de vaga de UTI para o cacique. Apesar da liminar ter saído no dia 3, o paciente só foi transferido em 6 de junho, porém, não resistiu e foi a óbito no mesmo dia.

Ler Anterior

Processos para primeira habilitação estão com prazos prorrogados por mais 6 meses

Leia em seguida

Mato Grosso tem 1.305 novos casos confirmados e 26 mortes por Covid-19