Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Familiares e amigos velam adolescente que foi morta por amiga com tiro acidental

O corpo da adolescente Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, que morreu no domingo (12) ao ser atingida por um tiro acidental na cabeça, disparado por uma amiga da mesma idade, em um condomínio de luxo de Cuiabá, está sendo velado na manhã desta terça-feira (14), na Capela Jardins, na capital.

O enterro está previsto para as 10h30, no cemitério Bom Jesus. A menor que atirou usou uma arma do pai dela, Marcelo Martins Cestari, de 46 anos, que é atirador esportivo. A menina também faz cursos de tiro e participa de competições.

Na casa da família, a polícia encontrou sete armas. Duas delas não tinham registro e, por isso, ele foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Marcelo foi conduzido à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e autuado pelo crime. Ele pagou fiança e foi liberado em seguida.

Homenagens

Familiares e amigos de Isabele usaram as redes sociais para se despedir da garota que era bastante querida. O irmão de Isabele, Pedro Ramos, relembrou que esta é a segunda grande perda na família. Em 2018, o pai deles, o neurocirurgião Jony Soares Ramos, morreu na estrada para Chapada dos Guimarães, após bater o veículo que dirigia em uma vaca.

“Agora eu sei o sentido da vida. O sentido da vida é fazer você sofrer”, desabafa. “Meu pai já foi, agora minha irmã, Meu Deus. Queria só dar um abraço nela e um beijo”.

Na publicação, ele ainda publicou fotos da irmã. “É triste a vida. Não deu nem uma chance para minha irmã viver. Ela era uma irmã muito chata quando queria, mas um amor sempre. Era linda e além de tudo era minha irmã”, ressaltou.

Um outro parente de Isabele, Guilherme Ramos, se mostrou revoltado com a tragédia. “Minha família tendo que enterrar uma criança, porque deram uma arma para uma menina de 14 anos… Sem palavras”, lamenta.

Alguns amigos da adolescente também publicaram fotos com a garota, relembrando os bons momentos. “Vou sentir tanto sua falta, eu real não sei como vou viver sem você, você foi a melhor amiga que eu tive”, diz uma das homenagens.

Entenda o caso:

Isabele já foi encontrada sem vida no banheiro da casa da amiga, por volta das 22h30. Ela foi atingida com um tiro acidental na cabeça durante uma brincadeira.

Na casa da acusada, foram encontradas outras sete armas que pertenceraim ao pai dela, que é atirador esportivo. A arma usada no acidente foi uma pistola PT 380.

Logo após o disparo, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e constatou a morte da vítima. A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) também esteve no local.

De acordo com a perícia técnica, a cena do crime sofreu alterações.

Ler Anterior

Por Tóquio, Guilherme Guido integra Missão Europa do COB

Leia em seguida

Homem se irrita ao ver mulher no telefone, a agride e ameaça matá-la