Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

sexta-feira, 23 de julho de 2021

Secretário acredita que 300 mil já foram infectados pela covid em MT e ‘ainda é pouco’

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, acredita que pelo menos 300 mil mato-grossenses já tenham sido infectados pelo novo coronavírus e que esse número ainda é baixo. Segundo ele, o pico da covid-19 ainda não chegou em Mato Grosso. A declaração foi feita em coletiva online, nesta quarta-feira (15).

“Podemos assegurar que pelo menos 300 mil pessoas em Mato Grosso já foram infectadas. Temos pelo menos 16% da população infectada e isso é pouco para chegar ao pico. Ainda tem muita gente para ser infectada. Isso é uma coisa natural de se acontecer. A questão é: nós queremos que todo mundo seja infectado ao mesmo tempo ou precisamos distribuir a infecção ao longo do tempo?”, questionou.

“Os prefeitos estão adotando os decretos, mas a população continua fazendo festa, se aglomerando”, disse

Ele responsabiliza a população por não manter o isolamento social, que ainda é a principal ferramenta de combate à doença, tendo em vista que não existe medicamento ou vacina específicos para o tratamento.

“Para ter uma linha tênue, precisamos alongar essa linha do tempo para ter capacidade hospitalar. Não é decreto, sozinho, que faz efeito. Os prefeitos estão adotando os decretos, mas a população continua fazendo festa, se aglomerando, desrespeitando, não usa máscara. Então, parece que a opção, enquanto cidadão, é infectar todo mundo de uma vez”, criticou.

Para ele, ainda estamos longe de alcançar o pico da doença no Estado, que já é considerado o epicentro da covid no Brasil. Para Figueiredo, ainda devemos conviver com o coronavirus, de forma frequente, pelo menos até o final do ano.

“Ainda estamos longe desse pico. Acredito que ainda vamos avançar com essa pandemia, ela vai estar presente na nossa vida, com bastante frequência, até o final desse ano. Vai chegar um momento que nós vamos chegar no pico (…). Não vamos descer numa linha vertical muito rápida. Teremos uma linha tênue de decréscimo, por isso vamos conviver com ela mais meses”.

Ler Anterior

Deputado destina R$ 2,2 milhões em emendas para 11 municípios da região Oeste

Leia em seguida

Cuiabá vai adquirir 40 mil testes