Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

sexta-feira, 23 de julho de 2021

Deputada: só os restos a pagar deixados por Taques davam para construir 10 Metropolitanos

Em transmissão remota, a deputada emedebista Janaina Riva não escondeu sua emoção com a declaração do deputado estadual e presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (DEM), que em transmissão online – debilitado e tossindo muito -, explicou nesta última terça-feira (14), seu estado de saúde, ao confirmar que não só testou positivo para a Covid-19, como já estaria com 50% do seu pulmão comprometido.

Aliás, Botelho reputou como responsável pela sua decisão de buscar o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, à Janaina, sua vice, no comando da Mesa Diretora da Assembleia, por conta da gravidade do seu estado. Sobretudo, levando em consideração a alta taxa de ocupação das UTIs, em Cuiabá, mostrando que o sistema de saúde na capital já teria colapsado.

Para a parlamentar emedebista, todos subestimaram a covid-19. Pois se a situação do colega de Casa[Botelho] já era preocupante, o que dirá para grande parte das pessoas que precisa esperar, hoje, por uma UTI, em uma longa fila que já conta com pelo menos 100 pacientes que, igualmente, aguardam uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva.

“Imaginem vocês o que devem estar passando as pessoas, já que acumulamos uma fila de 100 pacientes à espera de uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva, mostrando uma situação muito preocupante dentro do Estado de Mato Grosso […] Infelizmente Mato Grosso não se preparou de forma adequada. E não é à toa que agora nós somos o centro da epidemia no nosso país, pois proporcionalmente, é o estado onde mais cresce o número de mortes pela covid-19”.

De acordo com a deputada, este resultado – com taxas altas de ocupação de leitos de UTI -, em meio a escalada da epidemia no Estado, é uma conta que o Estado vem pagando pela má gestão dos governadores anteriores que não interiorizaram a saúde. Responsabilizando, principalmente, o ex-governador Pedro Taques(PSDB), o antecessor de Mauro Mendes(DEM), revelando que o que ‘Taques fez com a saúde pública do Estado foi criminoso, pois somente o que ele teria deixado de contas a pagar, dariam para construir 10 hospitais como o Metropolitano, em Várzea Grande’. Reconhecendo, contudo, o trabalho realizado pelo governador Mauro Mendes que – ainda de acordo com a emedebista – triplicou em um ano e meio, os leitos de UTI e Mato Grosso.

Também ressaltando que – na sua opinião – não teriam sido acertadas as medidas tomadas por algumas cidades de Mato Grosso, de fechar as atividades econômicas, no início da pandemia, pois agora, com a escalada da doença tem sido difícil forçar a população a ficar em casa.

“Esse isolamento ele é fundamental, o momento é crítico. Vocês podem ver que a todo momento se fala em lockdown, e apesar de grande crítica por parte do comércio, dos empresários, e a gente entende, inclusive, esta preocupação, mas na minha opinião o fechamento das atividades no estado, no inicio da pandemia foi um pouco precipitada, e agora estamos sofrendo as consequências disto. Pois agora, era o momento que mais precisaríamos fazer o isolamento”.

Imaginem vocês o que devem estar passando as pessoas, já que acumulamos uma fila de 100 pacientes à espera de uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva, mostrando uma situação muito preocupante dentro do Estado de Mato Grosso Infelizmente Mato Grosso não se preparou de forma adequada. E não é à toa que agora nós somos o centro da epidemia no nosso país, pois proporcionalmente, é o estado onde mais cresce o número de mortes pela covid-19.

Ler Anterior

MT passa de 30 mil casos e chega a 1.196 mortes por Covid; UTIs estão 93% ocupadas

Leia em seguida

106 municípios recebem R$40 milhões de emendes de Jayme Campos