Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

domingo, 1 de agosto de 2021

Lúdio afirma que Mendes desrespeita profissionais que estão morrendo no combate ao Covid-19

deputado estadual Lúdio Cabral (PT) afirmou que o governador desrespeita os profissionais da saúde de Mato Grosso, que estão morrendo no combate à pandemia, ao pagar auxílios quatro vezes maiores aos comissionados.

O projeto aprovado pela Assembleia Legislativa concede benefícios entre R$ 1.700 e R$ 2.250 aos comissionados, e auxílio de R$ 500 aos profissionais que atuam na linha de frente da saúde. Lúdio lembrou que a proposta original do governo previa um auxílio ainda menor: apenas R$ 400 para os trabalhadores da saúde.

“Mais uma vez, a Assembleia demonstra subordinação aos caprichos e maldades do governador. Como é que vou votar favorável a um projeto que diz para o técnico de enfermagem e para o enfermeiro, que estão morrendo, que eles vão ter um auxílio de R$ 500, e que o superintendente financeiro, que não encosta em paciente, vai ter um auxílio de R$ 1.700? Não tem lógica”, declarou Lúdio, ao votar contra o projeto, na quinta-feira (16).

O deputado apresentou um substitutivo e duas emendas para tornar o projeto mais justo, criando um auxílio no valor único de R$ 1.100, destinado a todos os profissionais da linha de frente da saúde, inclusive os temporários. Lúdio propôs também garantias para que os trabalhadores contratados temporariamente recebam o auxílio em caso de afastamento por covid-19, durante todo o período de afastamento, e não apenas por 14 dias como propôs o governo. Porém, as propostas de Lúdio foram reprovadas nas votações.

“Esse auxílio não é uma remuneração adicional, é para que esses trabalhadores criem condições mínimas de proteção, de segurança e de manutenção das suas condições de trabalho diante da situação de risco pela qual estão passando. Quem é que está adoecendo, se infectando e morrendo no combate ao coronavírus? Não faz sentido pagar valores maiores para quem não trabalha nas unidades de saúde, para quem está menos exposto. Não tenho condições éticas de aceitar um projeto discriminatório como esse”, afirmou Lúdio.

O deputado destacou ainda que o governo só enviou o projeto criando auxílio para os servidores da Saúde depois de muita pressão da Assembleia Legislativa. “Esse projeto foi encaminhado de má vontade pelo governador e mostra que ele não gosta de trabalhador, mas aproveitou a oportunidade para beneficiar os comissionados”, disse.

 

Ler Anterior

Escola realiza arraiá online com participação de pais e estudantes

Leia em seguida

Beto “dois a um” assume Secretaria