Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

domingo, 7 de março de 2021

TCEstudantil Virtual supera 5,3 mil acessos ao vivo no 1º semestre de 2020

Com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), programas e projetos do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) precisaram se reinventar para manter a aproximação com cidadãos e gestores e o estímulo ao exercício da cidadania e do controle social, a partir das ações e decisões do controle externo, atividades desenvolvidas pela Secretaria de Articulação Institucional e Desenvolvimento da Cidadania (SAI) há 15 anos.

Com o TCEstudantil não foi diferente. As visitas presenciais de estudantes ao TCE-MT para acompanhar as sessões plenárias e dialogar com auditores e técnicos, realizadas desde 2006, foram transformadas com o lançamento da versão virtual do programa. A mudança exigiu esforços de ambas as partes, mas trouxe novas percepções em relação ao nível de interesse participativo, grau de maturidade dos diálogos e à adequada performance nas mídias sociais, posturas que impulsionaram o aumento de acessos e ampliaram a interação no primeiro semestre, chegando a 5.388 participações ao vivo nas sessões de estudantes de 60 municípios de Mato Grosso, de outros estados e até mesmo de fora do país.

Para a secretária da SAI, Cassyra Vuolo, transformar programas e atividades, que eram essencialmente presenciais, em ações virtuais, e manter o diálogo com diferentes públicos de interesse foi um grande desafio, mas a virtualidade veio para ficar. “A possibilidade de agregar valor, novos públicos, de chegar a vários lugares e ouvir várias pessoas ao mesmo tempo, independentemente da posição geográfica, foi um ganho para todos nós”, destacou.

Cassyra Vuolo ressaltou ainda que a criação do TCEstudantil Virtual foi necessária para que não houvesse um hiato naquilo que a secretaria vinha desenvolvendo há quase duas décadas. “Conseguimos manter a presença dos estudantes do nível médio e superior nas sessões e continuar cumprindo com nosso objetivo de tornar mais palpável o processo de assistir os julgamentos da Corte da Contas, dar a oportunidade de os estudantes conhecerem o processo de julgamento e vivenciarem no cotidiano o controle social”.

De acordo com a secretária, foi necessário encontrar uma nova forma de mobilização desses públicos e de trazer as sessões como um atrativo. “Mas descobrimos como fazer e hoje está ainda melhor. Analisamos as sessões e mobilizamos públicos direcionados a ela, pessoas que realmente vão usá-la no cotidiano e descobrimos uma coisa maravilhosa, os alunos nos assistem ao vivo e voltam a assistir ao vídeo da sessão depois”.

No primeiro semestre de 2020 foram realizadas sete edições do TCEstudantil, com mais de 9,2 mil acessos aos vídeos das sessões plenárias. A SAI emitiu 703 certificados, inclusive para estudantes de Campo Grande (MS), Ribeirão Preto (SP) e da Universidade de Aquino – UDABOL, localizada na Bolívia.

Foram 13 instituições da rede pública de ensino e 30 da rede privada e um total de 28 cursos técnicos do ensino médio e bacharelados. Além disso, outras instituições de Mato Grosso também participaram do TCEstudantil Virtual, programa que busca despertar a consciência cidadã entre estudantes, estimular o exercício da cidadania e do controle social utilizando as decisões e informações do TCE-MT.

Ler Anterior

Justiça aponta erro em criação e suspende CPI da Semob em Cuiabá

Leia em seguida

Estado abre licitação para pavimentação da MT-100