Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

domingo, 7 de março de 2021

Médico racista maltrata babá em Cuiabá: ‘Você não merece ficar aqui, sua preta!’

Uma mulher de 32 anos, que não quis se identificar, registrou um boletim de ocorrência na manhã desta quinta-feira (23), após ser xingada e alvo de preconceito racial, dentro de um condomínio do bairro Jardim das Américas, em Cuiabá. O acusado é um médico, que também não será identificado pela reportagem.

Segundo informações, a vítima trabalha como babá de uma família no condomínio. Na manhã desta quinta-feira, ela desceu com os filhos dos patrões e o cachorrinho de estimação da família para a área de lazer.

Como de costume, a mulher estava brincando com as crianças e o cachorro, que ficou preso na guia, como é regra no condomínio. Em determinado momento, o médico, que estava fazendo caminhada, se aproximou.

Segundo a vítima, o médico já chegou alterado, gritando e insinuando que o cão poderia atacá-lo. Primeiro, ele disse que o cão, que é de porte pequeno, precisava de uma focinheira. Depois, direcionou-se para a babá e disse: “Você não merece ficar aqui, sua vagabunda! Sua preta!”, e a mandou embora do lugar.

Assustada com a cena, a babá pegou as crianças, que estavam apavoradas, e o cão e voltou para casa. Não contente, o homem ainda perseguiu a babá durante o trajeto até a casa dos patrões e continuou tentando intimidá-la.

Como o médico gritava, os moradores chegaram a sair de suas casas para ver o que estava acontecendo. Ao perceberem o que a mulher vinha sofrendo, os moradores ofereceram apoio a ela.

Quando chegou na casa do patrão, a babá contou o ocorrido. Ele foi imediatamente conversar com o médico, mas ele ainda estava muito alterado.

A vítima decidiu registrar um boletim de ocorrência por injúria, mediante preconceito. Ela afirmou que essa não foi a primeira vez que o médico a humilhou.

A Polícia Civil está investigando o caso.

CRIME – Injúria Racial é crime e consiste em ofender alguém com base em sua raça, cor, etnia, religião, idade ou deficiência. O Código Penal, em seu artigo 140, prevê como pena a reclusão de 1 a 6 meses ou multa.

 

Ler Anterior

Cuiabá e VG deixam classificação de risco ‘muito alto’ de contaminação

Leia em seguida

Estado e municípios já gastaram R$ 137 milhões