Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

terça-feira, 2 de março de 2021

Maníaco da pizzaria” é preso após ameaçar amigo da esposa e agride 4 em hospital em Cuiabá

A Polícia Militar prendeu no final da tarde de hoje em flagrante o ex-pizzaiolo Weber Melquis Venandes de Oliveira, de 31 anos, por ameaça, agressão e resistência a prisão. Ele ganhou notoriedade nacional ao ser preso preso em 2012 e condenado em 2015 a 17 anos de prisão por ter matado a facadas, esquartejado e queimado num forno de pizzaria do seu pai o corpo da jovem Katsuê Stéfane Santos Vieira, à época com 23 anos.

Na tarde de hoje, Weber se envolveu novamente numa confusão por motivos passionais que, por pouco, não terminou numa nova tragédia. De acordo com Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, ele foi até o hospital Santa Helena portando uma faca.

No hospital, ele chegou ameaçando funcionários e sua amásia, S.K.S.J, por ter a suspeita de que estaria sendo traído. Ao avistar um servidor do hospital, o ex-pizzaiolo se aproximou e fez a pergunta: “Você está bem? Você está bem?”.

Temendo ser morto, o funcionário chamou a supervisora da unidade. Ao perceber que Weber conversava com sua chefe, o servidor saiu correndo pelos corredores do hospital.

Revoltado com a situação, Weber agrediu com golpes de capacete quatro pessoas que estavam em frente ao prédio do Santa Helena. Logo em seguida, uma viatura da PM chegou ao hospital, mas não achou o maníaco.

Mas os policiais não se contentaram com a situação e foram em busca do criminoso. Em checagem ao sistema, foi descoberto que Weber estava usando tornozeleira eletrônica pela condenação e que moraria num condomínio na região do Porto.

Com as informações, os policiais se deslocaram ao prédio do bandido e o encontraram. Com a chegada das viaturas, Weber saiu correndo e tentou se esconder dentro do apartamento.

Os policiais pediram que ele abrisse a porta, mas ele se recusou. Diante disto, foi arrombada a porta e Weber foi preso embaixo de uma cama e algemado após resistir a detenção.

A mulher de Weber confirmou que houve a ameaça em médicos, enfermeiros e demais funcionários do hospital. No entanto, ela explicou que não iria representá-lo por temer o “histórico violento” do seu atual convivente.

 

Ler Anterior

“Bolsonaro retirou do Orçamento os povos indígenas, quilombolas e tradicionais”, denuncia deputada de MT

Leia em seguida

MP busca adesão de drogarias à campanha “Sinal Vermelho” para colocar fim à violência doméstica