Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

domingo, 1 de agosto de 2021

Judiciário realiza desinfecção nos prédios de 25 das 79 comarcas com retomada da atividade presencial

Nesta segunda-feira (27), o Judiciário de Mato Grosso determinou a realização de uma limpeza e desinfecção biológica nos prédios de 25 das 79 comarcas do Estado, antes de iniciar a retomada gradual das atividades presenciais. Já que permaneceram fechados durante a pandemia, como forma de prevenir a contaminação pela Covid-19. O trabalho é resultado de uma parceria entre o Tribunal de Justiça, por meio da Coordenadoria Militar, e o Corpo de Bombeiros.

As 25 comarcas que darão início ao Plano de Retorno Programado às Atividades Presenciais, da Justiça Estadual, foram classificadas pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) como de risco baixo ou moderado para contaminação pelo coronavírus.

De acordo com o plano, nessa primeira etapa haverá apenas expediente interno, com o retorno exclusivo da presença física de magistrados, servidores e colaboradores (estagiários, terceirizados e credenciados), no período das 13h às 19h.

Segundo o tenente coronel PM, Murilo Franco de Miranda, da Coordenadoria Militar do TJMT, a desinfecção, ou Operação de Biodefesa, como é chamada pelos bombeiros, está sendo realizada em todo o Estado, mas com prioridade para essas 25 comarcas. O trabalho não envolve apenas os prédios da Justiça Estadual, mas também de outros órgãos públicos, como prefeituras, secretarias, e Promotorias de Justiça.

Franco explicou que apesar de possuir uma equipe técnica especializada e treinada para realizar a Operação de Biodefesa, o Corpo de Bombeiros não tinha equipamentos que permitissem realizar o trabalho em locais de grandes proporções. Foi então que surgiu a parceria, cabendo ao Poder Judiciário adquirir os equipamentos e, ao Corpo de Bombeiros, disponibilizar a equipe técnica.

Iniciam a primeira etapa do retorno presencial ao trabalho, nesta segunda-feira, as comarcas de Diamantino, Água Boa, Alto Araguaia, Comodoro, Paranatinga, Poxoréu, Alto Garças, Alto Taquari, Araputanga, Aripuanã, Cláudia, Colniza, Cotriguaçu, Dom Aquino, Feliz Natal, Guiratinga, Itaúba, Itiquira, Juscimeira, Marcelândia, Nova Ubiratã, Porto Alegre do Norte, Rosário Oeste, Tabaporã e Terra Nova Do Norte.

O programa foi colocado em prática com a publicação da Portaria nº 442, assinada pelo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha. Ele define as regras gerais e especificas para a reabertura gradual dos prédios da instituição e a retomada dos prazos processuais. Esse plano está organizado em cinco etapas sequenciais e obrigatórias, conforme a classificação de risco epidemiológico da comarca, com fluxo progressivo e gradual de abertura.

As demais etapas serão iniciadas no prazo e nas formas definidos na Portaria-Conjunta n. 428/2020, ressalvando que a progressão só será possível se não houver agravamento da classificação do risco epidemiológico nas comarcas para “Alto” ou “Muito Alto”. O agravamento da classificação do risco epidemiológico para os patamares citados suspenderá qualquer das etapas, mesmo se estas já tiverem sido iniciadas, dependendo nesse caso de ato específico do presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso.

Ler Anterior

Juíza de SP elogia Espaço de Acolhimento da Mulher em Cuiabá

Leia em seguida

Pecuarista mata esposa com 12 tiros em sítio de MT e foge em seguida