Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

segunda-feira, 26 de julho de 2021

Juíza de SP elogia Espaço de Acolhimento da Mulher em Cuiabá

A secretária municipal da Mulher, Luciana Zamproni participou de uma reunião por videoconferência, com a juíza Ruth Duarte Menegatti, da Vara de Violência Doméstica de Adamantina, São Paulo, e com a diretora de Execução de Políticas para as Mulheres, Elis Regina Prates, na sexta-feira (24), para apresentar o trabalho desenvolvido no Espaço de Acolhimento da Mulher, inaugurado no último dia 16 de julho, no Hospital Municipal de Cuiabá.

“Fiquei maravilhada quando soube de um espaço entregue em Cuiabá, voltado para acolher mulheres vítimas de violência doméstica. E não podia deixar de parabenizar a secretária da Mulher e a primeira-dama Márcia Pinheiro pelo excelente trabalho. A ideia agora é fazer algo parecido e trazer esse projeto aqui para São Paulo”, explica a juíza.

De acordo com a juíza Ruth, assim que o Espaço de Acolhimento foi entregue, a repercussão nacional foi tamanha que chegou em um grupo de conversas onde só havia magistrados do Estado de São Paulo. Diante disso, ela se colocou à disposição para conhecer o local e o trabalho realizado. “Aqui em Adamantina e em outros municípios do interior de São Paulo os freis da ordem dos Franciscanos cuidam de diversos hospitais e eles também souberem desse local de acolhimento e daí tivemos o interesse em conhecer o projeto para podermos, quem sabe, trazer algo parecido aqui para nossa região”, destaca.

Para a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, é gratificante esse reconhecimento por parte de autoridades de outros estados, principalmente se tratando de um projeto pioneiro idealizado pela farmacêutica e ativista dos direitos das mulheres Maria da Penha e concretizado pela primeira-dama Márcia Pinheiro. Ela ressalta ainda que, na reunião, foi apresentado para a magistrada como foram feitas as capacitações com os psicólogos, assistentes sociais, recepcionistas e toda a equipe do Espaço de Acolhimento para atenderem da melhor maneiras às mulheres que lá chegarem.

“Um espaço para o acolhimento de toda a família é fator importante em caso de violência doméstica. Em um único ambiente a mulher faz o boletim de ocorrência, o atendimento médico, psicológico e, se for de outro município, a assistente social já entra em contato com a rede de enfrentamento do interior do estado e encaminha a paciente. Isso é o que já está sendo desenvolvido no espaço. E quando você percebe que o projeto despertou interesse e curiosidade em outras pessoas de outros estados, você percebe que o trabalho está sendo bem feito”, afirma.

A inauguração do Espaço de Acolhimento à Mulher dentro do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) Dr. Leony Palma de Carvalho, ocorreu na última quinta-feira (16) e, desde então, atende a mulheres vítimas de violência doméstica 24 horas por dia e conta com equipe multidisciplinar, composta por 12 profissionais, entre psicólogas, assistentes sociais, médicos, enfermeiros e suporte jurídico. O Espaço conta ainda com a sala do aconchego, sala de acolhimento infantil, recepção e banheiro.

Ler Anterior

Estado não descarta explosão de casos da Covid, com a realização de “testes em massa”

Leia em seguida

Judiciário realiza desinfecção nos prédios de 25 das 79 comarcas com retomada da atividade presencial