Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

terça-feira, 2 de março de 2021

TRE reprova contas de ex governador Pedro taques por despesas superiores ao permitido para governador

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) reprovou, em julgamento na manhã desta quinta-feira (6), as contas de campanha do ex-governador Pedro Taques, e do seu então vice, Rui Prado, em 2018. A decisão ainda cabe recurso.

A Justiça Eleitoral determinou a Taques o pagamento de R$ 12 mil ao Tesouro Nacional.

Foram consideradas irregularidades graves: doação financeira acima de R$ 1.064,10; depósito em cheque, mesmo com origem comprovada; doação em espécie, recurso de origem não identificada; inobservância da regra geral; e irregularidade na arrecadação.

O relator do processo, Sebastião Monteiro da Costa, foi seguido pelos membros: Bruno D’Oliveira Marques, Jackson Francisco Coleta Coutinho, Fábio Henrique Rodrigues de Moraes, Gilberto Lopes Bussiki e Sebastião Barbosa Farias.

Uma das irregularidades encontrada pelo TRE foi a doação na cessão de um veículo para a campanha, no valor de R$ 1.500. A doação não foi justificada por Taques. Assim, foi considerada irregular.

Por fim, o órgão citou que o candidato arrecadou valor e usou despesas além do permitido para quem ocupa o cargo de governador durante as eleições.

“Segundo a unidade técnica deste Tribunal [ID nº 3404572], o candidato arrecadou a quantia de 2.486.175,00 e realizou despesas no valor de R$ 4.802.712,00, sendo que o limite de gastos estabelecidos para o cargo de Governador de Mato Grosso era de R$ 5.600.000,00’, cita o processo

Ler Anterior

Misael se reúne com secretários e pede retorno do asfalto do Altos da Serra

Leia em seguida

População conhece proposta para concessão do Parque Águas Quentes