Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

Nicolás Maduro lamenta morte de Dom Pedro Casaldáliga

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, lamentou a morte do bispo emérito de São Félix do Araguaia (1.200 km a nordeste de Cuiabá), Dom Pedro Casaldáliga. Em nota oficial, o presidente venezuelano estendeu suas condolências aos “seres queridos” pelo bispo, “os mais humildes, os indígenas, os bem aventurados que em momentos de dificuldades foram guiados e protegidos pelo seu conhecimento e bondade”.

Na nota, divulgada no sábado (8), dia da morte de Casaldáliga, Maduro afirma que o bispo “pregou o Evangelho da justiça, da paz e da libertação”, mesmo tendo sua vida ameaçada. Afirma ainda que a Venezuela “expressa profundo pesar pelo falecimento do bispo dos pobres” e que os “povos da nossa América sentiram em Dom Pedro um profeta do cristianismo e humanismo”.

Casaldáliga é descrito como “verdadeiro cristão”, e que alçou a sua voz “contra o latifúndio, contra a violação de direitos humanos”. E que deixa “seus ensinamentos e sua poesia solidária e amorosa viverão entre os excluídos, como legado imortal”.

“Venezuela alça sua voz junto à de centenas de movimentos sociais e grupos de cristianismo popular de base, para agradecer por seu testemunho de vida e para dizer com força: Casaldáliga presente!”, diz trecho da nota.

Casaldáliga morreu aos 92 anos, vítima de uma pneumonia, quando estava internado na Santa Casa de Batatais (SP). Nesta segunda-feira (10), o corpo do bispo emérito de São Félix do Araguaia (1.200 km a nordeste da Capital) será velado na cidade onde atuou por tantos anos e depois haverá cortejo até Ribeirão Cascalheira (900 km a leste), retornando a São Félix do Araguaia para o enterro.

Nicolás Maduro lamenta morte de Dom Pedro Casaldáliga | Gazeta Digital

 

Ler Anterior

Tribunal de contas de Mato grosso tem mais de 170 processos em pauta para esta semana

Leia em seguida

Transferências de convênios aos municípios estão vedadas a partir de 15 de agosto