Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

domingo, 1 de agosto de 2021

Sonho da casa própria supera pandemia

A dobradinha entre a redução acentuada das taxas de juros de crédito imobiliário e a forte demanda por apartamentos mais compactos e práticos acelera a aquisição de imóveis em Cuiabá, independentemente da pandemia. Na MRV, a intensa procura nos canais digitais da plataforma especializada em soluções habitacionais reflete a boa fase do setor na Capital de Mato Grosso, que comemora o volume de R$ 112 milhões financiados em operações de compra e venda de imóveis novos no segundo trimestre do ano. Entre as perspectivas econômicas otimistas, outro fator de destaque refere-se perfil do consumidor, que devido as recentes mudanças cotidianas passaram apresentar novas ideias e expectativas em relação as futuras moradias.

As cifras foram apuradas pelo Sindicato de Habitação em Mato Grosso (Secovi) e representam uma alta de 33,8% no comparativo com o mesmo período do ano passado (acumulado de abril, maio e junho de 2019). Marco Pessoz, presidente da entidade, afirma que os investimentos em imóveis estão em alta tanto pela segurança financeira decorrente das políticas públicas em curso no Brasil desde 2019 quanto, principalmente, pela mudança notada no comportamento do consumidor, que em meio às muitas transformações do dia a dia impulsionadas pela pandemia, se vê mais tempo em casa – o que amplia o desejo pelo conforto da casa própria.

Os indicadores do mercado imobiliário divulgados pelo Secovi se baseiam na movimentação do ITBI na Capital mato-grossense. Tacílio Cantarutti, gestor de vendas da MRV em Mato Grosso, ressalta que a palavra “confiança” é a tônica do que expressam a maior parte dos clientes. “Essa confiança dos clientes no investimento do primeiro apartamento, com maior oferta de crédito e riscos calculados, juntamente com condições que cabem o bolso, não se perdeu com a pandemia. Ao contrário, as oportunidades de sair do aluguel nunca estiveram tão favoráveis”, avalia o executivo.

A oferta de apartamentos compactos, no padrão de dois quartos, com a segurança de condomínio fechado e agradáveis opções de lazer são atrativos que fazem com que a MRV se projete entre opções disponibilizadas no mercado imobiliário. Atualmente, a cada 100 habitantes de Mato Grosso que moram em áreas urbanas, ao menos 1 mora em um MRV. E a expectativa, de acordo com Cantarutti, é que a partir das facilidades das plataformas de vendas virtuais e a entrega de novos empreendimentos, cada vez mais mato-grossenses conquistem o sonho do lar doce lar.

“A demanda por imóvel está alta, as atuais práticas financeiras foram medidas fundamentais para o segmento imobiliário. Nesse segundo trimestre, 100% dos contratos foram fechados virtualmente e isso é retrato das adaptações que a companhia fez para atender ainda melhor o cliente”, fala Tacílio Cantarutti.
Contratações em alta – De acordo com o presidente do Secovi, Marco Pessoz, graças às facilidades no crédito imobiliário ofertado por instituições financeiras, constata-se um aumento de até 40% na contratação dos financiamentos. “Os consumidores estavam com o desejo represado e o estado de pandemia em que vivemos fez com que as pessoas refletissem, manifestassem novas expectativas em relação às moradias. Em muitos casos, os consumidores passaram a procurar imóveis que permitissem esse lazer dentro de casa, assim como aqueles que buscam conquistar um espaço adequado para o home office”.

Sobre a Luggo
Ao longo de 40 anos de história transformando a vida de milhares de pessoas por meio da casa própria, a MRV, maior construtora da América Latina, se tornou uma plataforma de soluções habitacionais capaz de fornecer a opção de moradia que melhor se adapte ao momento na vida dos brasileiros. Em 2019, a MRV criou a Luggo, uma startup pioneira no mercado brasileiro, voltada para a locação e gestão de apartamentos. Totalmente digital e sem burocracia, a Luggo vai além da locação de apartamentos, oferecendo diversos serviços pensados especialmente para uma geração conectada e descomplicada. Apostando na tecnologia e inovação para criar um conceito em moradia. Acesse e conheça mais sobre a Luggo: www.luggo.com.br

Sobre a MRV
Ao longo de 40 anos de história transformando a vida de milhares de pessoas por meio da casa própria, a MRV, maior construtora da América Latina, se tornou uma plataforma de soluções habitacionais capaz de fornecer a opção de moradia que melhor se adapte ao momento na vida dos brasileiros, seja com a aquisição de apartamentos prontos ou na planta, pela compra de um terreno em loteamentos completamente urbanizados pela Urba, ou mesmo alugando imóveis especialmente pensados, com inúmeros serviços, pela sua startup Luggo, totalmente digital e sem burocracia.

Ler Anterior

Governo de MT já aplicou R$664 milhões em multas contra crimes ambientais

Leia em seguida

Prefeitura abre campanha e pede para população evitar “dar esmolas à moradores de rua”