Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

domingo, 7 de março de 2021

100 cabeças de gado morrem após frio de 9°C em MT

A chegada da massa de ar frio que derrubou as temperaturas em todo o país causou prejuízo para os pecuaristas de Mato Grosso. No município Reserva do Cabaçal, a 412 km de Cuiabá, cerca de 100 cabeças de gado morreram na madrugada desse sábado (22).

Os termômetros marcaram 9°C, mas, segundo relatos de fazendeiros da região, a sensação térmica chegou a 0°C durante a madrugada.

O pecuarista Amauri Nazaro contou ao G1 que cria touro reprodutor da raça nelore. Somente na fazenda dele foram encontrados 12 animais mortos e outros oito debilitados. Até agora, o prejuízo é de R$ 150 mil.

Para tentar reanima-los, o proprietário está aplicando medicamentos, no entanto, ele acredita que mais cinco devem morrer.

“A gente ouve muito falar que na propriedade de ‘fulano’ morreu um em outra dois. Tem muita gente também que nem sabe, porque isso nunca aconteceu aqui, nunca teve isso aqui”, contou.

Na propriedade do prefeito Tarcisio Ferrari, cerca 27 cabeças de gado morreram com o frio.

Na fazenda de outro vizinho de Amauri foram encontrados 21 animais mortos. Estima-se que os 100 animais que morreram em decorrência do frio estão em um raio de 5 km.

“Morreram os mais novos, pois a propriedade é plana e o gado fica exposto ao vento”, disse Amauri.

O pecuarista contou ainda que em outra propriedade dele não ocorreu mortes, pois o gado estava protegido com a mata fechada.

“O gado se abrigou na mata. Creio que a mata é um refúgio bom para frio”, disse.

Neste domingo (23), as temperaturas na região voltaram a subir. A mínima é de 12°C e a máxima de 33°C, conforme dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Para segunda-feira (24) a mínima é de 16°C e a máxima de 36°C.

Ler Anterior

‘Falta de compostura’: entidades jornalísticas criticam ameaça de Bolsonaro”

Leia em seguida

Fim das coligações aumenta chances de mais mulheres na política