Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

quarta-feira, 14 de abril de 2021

Eleição em Cuiabá terá limite de gastos de R$ 10,2 milhões, estima TRE

DemonstraÁ¿o do uso da urna eletrÙnica para as eleiÁ¿es de 2006.

O limite de gastos para cada candidato a prefeito em Cuiabá deverá ser de R$ 10,2 milhões no primeiro turno das eleições municipais de 15 de novembro. A estimativa extraoficial é do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE).  O valor é um pouco maior do que das eleições municipais de 2016 na capital, quando o limite para prefeito foi de R$ 9 milhões.

 

Já em relação aos candidatos a vereador, o limite de gasto será de R$ 560,5 mil. Em 2016, foi de R$ 412 mil para vereador.   Ainda de acordo com o cálculo realizado, caso tenha 2º turno, o candidato poderá gastar mais R$ 4,1 milhões. Lembrando que a estimativa ainda não é oficial, já que os valores de gastos é determinado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) através de resoluções.

Pelos cálculos do TRE, o menor valor permitido para se gastar para prefeito será de R$ 123 mil. Já em Sinop (500 km ao norte da Capital), a previsão é que o limite para prefeito seja de R$ 1,2 milhão para prefeito e R$ 117 mil para vereador.  Em Primavera do Leste (231 km ao sul), o limite de gasto será um pouco maior. R$ 2,1 milhões para prefeito e R$ 101 mil para vereador.

 

Já para a eleição suplementar ao Senado, para a vaga da senador cassada Selma Arruda (PODE), o valor se manterá em R$ 3 milhões, como foi em 2018.

 

Custo das eleições  

De acordo com o presidente do TRE, desembargador Geraldo Giraldelli, o custo total as eleições deste ano será de R$ 16,7 milhões, sendo R$ 11,3 milhões de custeio e R$ 5,3 milhões com pessoal.  Levando em consideração os 2,3 milhões de eleitores que estão aptos a votar, o custo das eleições será de R$ 7,30 por eleitor.

 

Horário

A votação nas eleições de 15 de novembro próximo ocorrerá das 7h às 17 horas em Mato Grosso. Com uma hora a mais, a justiça eleitoral também estipulou que das 7h às 10 horas, os eleitores com mais de 60 anos terão preferência para votarem. A medida se deve por conta da pandemia do novo coronavírus, sendo que as pessoas com mais de 60 anos são consideradas grupo de risco.

Ler Anterior

AL prorroga suspensão de atividades até 11 de setembro

Leia em seguida

Agente da PF é baleado por membro do PCC em Cuiabá durante operação