Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Pré-candidato a prefeito não reside em Cuiabá há mais de 1 ano

Presidente estadual do DEM e pré-candidato à Prefeitura de Cuiabá, Fábio Garcia já não reside em Cuiabá há mais de um ano. Atualmente ele mora com a esposa em Rondonópolis (212 km ao sul da capital). A informação consta em uma certidão de uma ação na Justiça de cobrança de dívida. Apesar disso, segundo a Justiça Eleitoral não seria impedimento para que Garcia dispute algum cargo eletivo na Capital.

Isso porque Fábio Garcia ainda tem o seu domicílio eleitoral fixado em Cuiabá. Ou seja, ele está apto para votar ou se candidatar em Cuiabá.

De acordo com o juiz auxiliar da presidência do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), Lídio Modesto, a legislação eleitoral tem maior flexibilidade em relação ao domicílio eleitoral, do que o domicilio civil, que é onde o cidadão responde civilmente e criminalmente.

“Os requisitos são menos rigorosos. Basta ele apenas então escolher onde deseja ter seu vínculo eleitoral. Pode acontecer da parte interessada possuir mais um domicilio. Ai vai depender dele escolher onde concentrar sua vida. Na Justiça Eleitoral, em razão dessa maleabilidade para ele ter essa pluralidade de vínculo”, explica.

De acordo com a Justiça Eleitoral, domicílio eleitoral envolve vínculo político, familiar, afetivo, profissional, patrimonial ou comunitário do eleitor com a localidade onde pretende exercer o direito de voto. “Qualquer eleitor e qualquer candidato não precisa efetivamente morar no local em que eles possam votar ou se candidatar”, afirma Lídio Modesto.

Fábio Garcia explicou que continua tendo sua residência em Cuiabá e que é filho de cuiabano e neto de José Garcia Neto, ex-prefeito de Cuiabá. Afirmou ainda que hoje reside em Rondonópolis para acompanhar sua esposa, desde que deixou a vida política em 2018.

“Em todos os desafios da vida, ela esteve ao meu lado. Quando saí da política, ela me pediu que eu a acompanhasse em um novo projeto de vida dela, que seria trabalhar nas empresas do pai em Rondonópolis. Como companheiro e reconhecedor de tudo que minha esposa me fez, eu atendi este pedido da minha esposa”, afirmou.

Veja a nota na íntegra:  

“Eu tenho minha residência em Cuiabá, como sempre tive. Sou filho de cuiabano, neto do primeiro prefeito eleito de Cuiabá. Minha vida e a vida de minha família sempre tiverem a cidade de Cuiabá como referência. Minha esposa, que é de Rondonópolis, sempre me acompanhou a vida toda. Em todos os desafios da vida, ela esteve ao meu lado. Quando saí da política, ela me pediu que eu a acompanhasse em um novo projeto de vida dela, que seria trabalhar nas empresas do pai em Rondonópolis. Como companheiro e reconhecedor de tudo que minha esposa me fez, eu atendi este pedido da minha esposa.

Hoje trabalho entre Cuiabá, Rondonópolis e outras cidades que temos empreendimentos. Existe algum problema do marido também acompanhar a esposa nos sonhos dela? Não só tenho minha residência em Cuiabá, como pude na minha vida trabalhar por Cuiabá e ajudar a concretizar projetos importantes na cidade como: Parque das Águas, Orla do Porto, Parque Tia Nair, hospital São Benedito, novo Pronto Socorro, ajudar a viabilizar o programa novos caminhos com mais de 200 km de asfalto novo em bairros de Cuiabá. Enfim tenho uma enorme gratidão por Cuiabá por tudo que me proporcionou.”

Ler Anterior

Lucimar Campos entrega em vg obras de escolas e praças

Leia em seguida

Conselheiro retorna e assume cargo na Mesa do TCE