Notícias de Última Hora :

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

sábado, 16 de outubro de 2021

O Governador Mauro saiu em defesa do agro culpar produtores por queimadas é ‘mentira dos concorrentes’

O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou, durante entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan de São Paulo, nesta terça-feira (8), que a “guerra de imagem” feita pelos concorrentes do Brasil, em relacionar as queimadas ilegais aos produtores rurais de Mato Grosso, acaba prejudicando o Estado, que é o maior produtor das comodities agrícolas do país.

“Essa guerra de imagem é feita pelos concorrentes do Brasil, principalmente nesse setor, onde o Brasil é extremamente competitivo, o agronegócio. Mato Grosso é o maior produtor das comodities agrícolas e essa guerra internacional com nossos concorrentes faz com que algumas pessoas mal intencionadas utilizem de mentiras ou falsas verdades para prejudicar nosso país e o agro brasileiro”, disse.

Mauro Mendes comentou que as queimadas existem no Brasil, assim como em qualquer outra parte do planeta e que, ao contrário do que muitos dizem, não é culpa do produtor rural. “Ele não tem interesse na queimada, pois gera um prejuízo gigante”, afirma o governador.

“É lamentável que algumas pessoas no Brasil entrem nesse discurso. O produtor não tem interesse na queimada, pois gera um prejuízo gigante. A palha de milho, por exemplo, que fica aquela palhada, se queimar tem um prejuízo de toneladas”, comentou o governador.

Segundo Mendes, o Governo tem feito perícias para identificar se a respectiva queimada foi acidental ou proposital e aplicado o que determina a legislação. Ele destaca que há autorização para determinadas queimadas, porém, em outros períodos e não o de seca.

Ele explica que se o governo não está conseguindo ampliar o combate ao desmatamento e às queimadas ilegais de Mato Grosso, é porque o Estado é “gigantesco” e possui áreas de difícil acesso.

“São 900 mil km. Um território gigante, mas não faltou recurso. O Governo Federal liberou recursos da Lava Jato e temos uma mobilização muito adequada para o combate. Precisamos aprimorar, sim, nossas medidas e ações, mas temos feito tudo que possível e com o apoio do Governo Federal”.

Existem mais de 2.500 homens empregados para combater os incêndios criminosos em Mato Grosso e que o sistema do Estado de monitoramento por satélite, permite que o Governo obtenha imagens de incêndios quase que em tempo real.

Segundo o governador, já foram mais de R$ 100 milhões em multas por queimadas ilegais neste ano, sendo que cada multa varia de R$ 1 mil a R$ 7,5 mil por hectare danificado.

Ler Anterior

DNIT sinaliza rodovia que escoa produção de Mato Grosso

Leia em seguida

TJ libera entrada de operadores do Direito