Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

quinta-feira, 4 de março de 2021

Neymar acusa adversário de racismo em derrota do PSG

O Paris Saint-Germain contou com o retorno de Neymar neste domingo, mas foi derrotado por 1 a 0 em clássico quente contra o Olympique de Marselha, no Parque dos Príncipes. A partida ainda teve a expulsão do craque brasileiro, que chegou a acusar o adversário Álvaro González de racismo, e de outros quatro jogadores.

A primeira confusão aconteceu no final do primeiro tempo, envolvendo o zagueiro espanhol do Olympique e também o argentino Di Maria, Neymar protestou com a arbitragem de uma possível ofensa racista do adversário. “Racismo não”, dizia o brasileiro.

O árbitro deu sequência ao jogo, que teria mais tumulto no final. Com a bola rolando, os donos da casa impunham o ritmo. A maior parte da posse de bola ficou durante todo o tempo com o PSG, mas os jogadores não conseguiam tornar isso em algo produtivo. O time errava muitos chutes e desperdiçava a chance de abrir o placar.

Já o Marselha se concentrava em contra-ataques rápidos para pegar a defesa adversária desprevenida. Entretanto, foi em um lance de bola parada, aos 30 minutos do primeiro tempo, que Thauvin recebeu um grande lançamento para estufar as redes de Sergio Rico.

Ficar atrás no placar incomodou, nitidamente, os jogadores do PSG e, portanto, o time passou a atacar de forma mais intensa. Em diversas vezes, Mandanda foi obrigado a fazer ótimas defesas. No segundo tempo, Neymar recebeu a bola perto da pequena área e o goleiro do Marselha já estava vendido no lance, porém o brasileiro desperdiçou o lance.

Os parisienses continuaram a atacar, mas de nada adiantou. Ao fim do confronto, houve nova confusão, que terminou com cinco expulsões. Neymar, que se desentendeu novamente com Álvaro González, foi um dos que receberam cartão vermelho. Kurzawa e Paredes, do PSG, e Amavi e Benedetto, do Olympique, também foram expulsos.

Assim, o Paris segue sem pontuar no campeonato e está dentro da zona de rebaixamento, com um jogo a menos. Já o Marselha, que também tem uma partida a menos, sobe para a quinta posição e está com 100% de aproveitamento na competição, com seis pontos.

Ler Anterior

Governo decreta calamidade e dobra estrutura de combate a incêndios

Leia em seguida

Corinthians pagará multa milionária para Tiago Nunes