Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

sexta-feira, 23 de julho de 2021

PF confisca R$ 38,9 milhões em MT; fazendas e pousada estão na lista

Um relatório da “Operação Status”, deflagrada pela Polícia Federal na última sexta-feira (11), demonstrou que os sete imóveis bloqueados em Mato Grosso foram avaliados em cerca de R$ 38,9 milhões. A informação consta na conclusão do inquérito que desmantelou uma organização criminosa que lavava dinheiro oriundo do tráficos de drogas.

Na lista, consta que a PF apreendeu cinco imóveis em Cuiabá e Chapada dos Guimarães (a 65 km da Capital). Somandos, eles foram avaliados em R$ 23,5 milhões.

Outras duas fazendas em Barra do Garças (a 512 km de Cuiabá), que juntas valem aproximadamente R$ 15,4 milhões, também foram bloqueadas. Os imóveis eram utilizados para lavagem de valores milionários do tráfico de drogas.

Porém, as restrições no Estado podem ser ainda maior. Isso porque, numa pousada no Manso, foram apreendidos lanchas, jet skis, quadriciclos, entre outros bens. Veículos de luxo também seriam bloqueados com o alvos no Estado.

Na capital, o alvo investigado foi o empresário Tairone Conde e sua mulher, que foram apontados como proprietários da concessionária de carros de luxo “Classe A” e da “Pousada Paraíso” no Lago do Manso. Tairone foi preso.

Ainda segundo a PF, a quadrilha possuía mais de R$ 230 milhões bens. No Brasil, foram apreendidos 42 imóveis, 75 veículos, embarcações e aviões cujos valores somados atingem R$ 80 milhões.

Já no Paraguai, a ação foi feita em parceria com a Secretaria Nacional Antidrogas e apreendeu 10 imóveis, no valor aproximado de R$ 150 milhões.

OPERAÇÃO STATUS

A operação foi batizada de “Status”, cujo nome é em alusão à ostentação de alto padrão de vida mantida pelos líderes da organização criminosa, com participações em eventos de arrancadas com veículos esportivos de alto luxo, contratação de artistas famosos para eventos pessoais e residências de luxo.

O esquema criminoso tinha como ponto principal a lavagem de dinheiro oriundo do tráfico de cocaína, por meio de empresas de “laranjas” e empresas de fachada, dentre as quais havia construtoras, administradoras de imóveis, lojas de veículos de luxo. A estrutura, especializada na lavagem de grandes volumes de valores ilícitos, também contava com uma rede de doleiros sediados no país vizinho, com operadores em cidades brasileiras como Curitiba, Londrina, São Paulo e Rio de Janeiro.

operacao status

 

Ler Anterior

Vítima de violência denuncia ex e PM encontram armas de fogo

Leia em seguida

PSB-VG lança Flávio frical na 4ª